Uma janela sobre o mundo bíblico

Quem foi simão Cirineu?



  • Pergunta de Luiz Gomes, Rio de Janeiro - RJ
  • 1972
  • 20/09/2017
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Simão, Cireneo |


Olá  Luiz Gomes do Rio de Janeiro - RJ!

Começando pela citação bíblica de Marcos que fala de Simão Cirineu:

" E requisitaram um certo Simão Cirineu, pai de Alexandre e Rufo, que passava por ali vindo do campo, para que caregasse a cruz. Era o pai de Alexandre e Rufo." (Marcos 15,21).Bíblia de Jerusalém.

Esta é a informação que temos e que está escrita como verdadeira. A respeito da história, de quem é este Simão, o que fazia, sua origem, nada encontramos escrito. Os romancistas de personagens bíblicas, criam muitas histórias a partir do texto, e de suposições que eles acreditam. Todos nós sabemos o que os pregadores desavisados, dizem por exemplo do cego Bartimeu e de seu Pai.

Dizendo algo sobre este personagem bíblico, sabemos que ele foi obrigado a carregar a cruz de Jesus, a caminho do Calvário pelas ruas sinuosas da Jerusalém da época de Jesus. Trajeto este nos dias de hoje chamada Via dolorosa. Uma verdade é que o seu gesto de bondade e acatamento (mesmo que foi obrigado) deixou seu nome registrado na história de Jesus e permanece até os dias de hoje.

Simão era um dos membros da colônia judaica que estava no norte da África, Para este local Ptolomeu Lagi, transferiu um grande número de Judeus. Por isto o cognome de Cirene. Este não era o sobrenome de Simão, mas uma denominação que indicava o lugar de seu nascimento, uma colônia na Líbia, atual de Tunísia. Portanto podemos dizer que ele era um Judeu africano. Os judeus oriundos da África eram influentes e numerosos pelo fato de manterem uma sinagoga em Jerusalém (Atos 6,9).

Por ser Páscoa, e se realizarem cerimonias no templo muitos escritores descrevem histórias a respeito das vestes brancas que os judeus iam ao templo para serem aspergidos pelo sacerdote com o sangue do cordeiro sacrificado. Ter uma gota de sangue do cordeiro em suas vestes era um troféu. Mas uma verdade existe. O sangue de Jesus que estava na cruz o tornou impuro, precisava se apresentar no templo para ser purificado.

Deixamos estas histórias para outro momento, já que nada tem de confirmação bíblica.

1972 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook