Uma janela sobre o mundo bíblico

Quem era João Ferreira de Almeida?



  • Pergunta de Elinaldo Santos, Vila Velha - ES
  • 2298
  • 28/09/2017
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Bíblia |


Olá Elinaldo Santos de Vila  Velha - ES!!

Nesse portal existem inumeradas respostas a perguntas feitas por leitores a respeito da personagem João Ferreira de Almeida, a Bíblia que traduziu, e a influência que está Bíblia tem até hoje entre os protestantes. Coloco como resposta algumas orientações sobre que julgo importantes, mas não é difícil encontrar mais informações sobre êle.

João Ferreira de Almeida foi pastor com trabalhos realizados em várias comunidades do Oriente.

João Ferreira de Almeida foi um pastor protestante nascido em Torre de Tavares, Portugal. Conhecedor do hebraico e do grego utilizou estes manuscritos originais como base de sua tradução. Segue um caminho diferente dos outros tradutores que fizeram suas traduções a partir da Vulgata Latina de São Jerônimo.

A tradução de João Ferreira de Almeida foi muito discutida e controvertida, por causa de erros de tradução. Começou traduzindo o Novo Testamento, do grego e publicando-o em 1681, em Amsterdam, na Holanda. Traduzido o texto original para o Português. Almeida na tradução revelou um tipo de português arcaico, com palavras já sem uso e carentes de significado. Essa tradução tinha numerosos erros e o próprio Almeida compilou uma lista de duas mil (2.000). Uma Comissão Holandesa, fez uma harmonização da tradução de Almeida com a versão holandesa de 1637.

Almeida na sua tradução utilizou o Textus Receptus feito por Erasmo, em 1516 (considerado um texto inferior), pois ele representa o Texto Bizantino, o mais fraco e mais recente entre os manuscritos gregos. A tradução e publicação completa da Bíblia Almeida aconteceu somente no século XVIII. Apesar do texto inferior por ele usado, dos muitos erros com novas edições e correções, é uma tradução bem aceita pelos protestantes de língua portuguesa, utilizada até hoje.

Complementando com informações vindas do Prof. Moisés Dias Sá estudioso de João Ferreira de Almeida.

(Prof. Moisés Dias Sá em seu ESTUDO biográfico de João Ferreira de Almeida, no Curso de Bacharelado em Teologia, trabalho apresentado à disciplina Introdução ao Novo Testamento, ministrada pelo Prof. Marcos Leitão, em São Luiz, Maranhão, 2007.)

João F. Almeida fez estudos das Línguas Originais da Bíblia Hebraico e Grego. Com facilidade no aprendizado de línguas Almeida e com o intuito de aperfeiçoar suas traduções, já que encontravam tanta resistência em publicar a Bíblia, Almeida decide estudar hebraico e grego no mesmo ano em que concluiu sua primeira tradução do Novo Testamento, 1645, aos 17 anos de idade. Era de se esperar, por ele, que a próxima investida teria como trunfo a correção de muitos erros, uma vez que agora se trataria de uma tradução direta das fontes originais bíblicas. Foi o que ele apostou com o estudo do hebraico e grego bíblico.

Assim Almeida cumpriu seu propósito e estudou grego e hebraico tendo 17 anos de idade, em 1645, estando em serviço missionário na Ásia. Almeida trabalhava possivelmente nas congregações de Málaca, Batávia (atual ilha de Java, Indonésia) e Ceilão (hoje Sri Lanka). Tornou-se membro do Presbitério de Málaca, e escolhido capelão e diácono daquela congregação.

Terminada em 1645, essa tradução de Almeida não foi publicada. Mas o tradutor fez cópias à mão do trabalho, as quais foram utilizadas nas congregações de Málaca, Batávia (atual ilha de Java, Indonésia) e Ceilão (hoje Sri Lanka). Mais tarde, Almeida tornou-se membro do Presbitério de Málaca, depois de escolhido como capelão e diácono daquela congregação.

Tradução do Antigo Testamento

Tendo acabado de publicar o Novo Testamento, Almeida iniciou a tradução do Antigo Testamento a partir do texto hebraico e em 1683, termina a tradução do Pentateuco para o Português. Para a revisão do texto aconteceu os mesmos problemas da época da revisão do Novo Testamento, demorou muito tempo aconteceram discussão intermináveis, e a idade de Almeida avançou tornando-se mais difícil ainda as traduções. Mesmo com dedicação exclusiva para traduzir não conseguiu completar a tradução da Bíblia completa. Ao falecer, em 6 de Agosto de 1691, ele havia traduzido até Ezequiel 41,21. O certo é que em 1748, o pastor Jacobus Opden Akker, de Batávia, reiniciou o trabalho interrompido por Almeida, e cinco anos depois, em 1753, foi impressa a Bíblia completa em português, tendo dois volumes. Concluiu-se assim o trabalho de tradução da Bíblia por João Ferreira de Almeida.

Penso que esta resposta já seja suficiente. Mas a vida deste personagem histórico João Ferreira de Almeida e a história da Bíblia Almeida em Português continua e merece mais estudos.

2298 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook