Uma janela sobre o mundo bíblico

Conforme a Bíblia, pagamos pelos pecados dos nossos parentes antigos?



  • Pergunta de Grasi, Curitiba - PR
  • 504
  • 09/11/2017
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Pecado |


Olá Grasi de Curitiba!

De fato sua pergunta é intrigante. Com frequência quando visitamos algum doente que está em estado grave, quantas vezes ficamos sem resposta pela pergunta preocupante do doente. Afinal que pecado eu fiz ou fizeram para que eu tenha de pagar com está enfermidade. Por mais argumentos que usamos nem sempre eles são satisfatórios par quem está em um leito de dor.

Conforme a pergunta busquei uma resposta para esta indagação em textos Bíblicos, eles nos ajudam. Embora para está pergunta encontramos textos que a primeira vista se confrontam com outros. Mas para entendermos temos que utilizar outros textos para esclarecer.

Vou a literatura profética em Ezequiel que discorre magnificamente sobre este assunto. Não deixa nenhuma dúvida. No capítulo 18 de Ezequiel o profeta pondera sobre a responsabilidade pessoal pelas iniquidades que cometemos nesta terra. Com a apresentação de um provérbio assim diz:

“Os pais comeram uvas verdes e os dentes dos filhos ficaram verdes”. (Ezequiel 18,2) Bíblia de Jerusalém

Diz Ezequiel não repetireis mais este provérbio. Todas as vidas me pertencem, tanto a vida do Pai, como do filho. Pois bem aquele que pecar, esse morrerá. (Ezequiel 18,4) Bíblia de Jerusalém.

Este texto de Ezequiel é um dentre tantos que com clareza de pensamento afirma que uma pessoa, Seja o Pai ou o filho ou o parente, vai ser punida por Deus pelos pecados que outra pessoa cometeu, seja no passado ou mais recentemente.

Em Ezequiel 18,20 novamente ele afirma com muita clareza:

Sim, a pessoa que peca é a que morre! O filho não sofre o castigo da iniquidade do pai, como o Pai não sofre o castigo pela iniquidade do filho: A justiça do justo será imputada a ele, exatamente como a impiedade do ímpio será imputada a ele.” (Ezequiel 18,20) Bíblia de Jerusalém

Ezequiel dá uma resposta àqueles Israelitas que erradamente pregavam que Deus punia alguém pelo pecado de outro (Ezequiel 18,2).

Ezequiel neste capítulo 18 de seu livro fala da culpa moral pelo pecado, dos atos em s, das iniquidades praticadas. Essas não podem ser transferida para os filhos, pois cada um dará contas de si: Ezequiel é muito claro.

No Novo Testamento encontramos na carta aos Romanos do Apostolo Paulo, uma interpretação correta desta afirmativa: Se pagamos pelos pecados dos antepassados?

“Assim cada um nós prestará contas a Deus de si próprio” (Carta aos Romanos 14,12) Bíblia de Jerusalém.

504 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook