Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual a melhor literatura extra-bíblica para estudar a Igreja Primitiva?



  • Pergunta de Rui, Portugal
  • 472
  • 03/12/2017
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Igreja | Fontes literárias |


É uma pergunta muito importante e revela uma procura que deveria estar no coração de todos. De fato, a Igreja primitiva pode ser vista como uma fonte para o nosso modo de ser igreja e servir como exemplo, embora seja verdade que uma visão idealista pode ser uma armadilha, pois também na igreja primitiva, como já se vê em Atos dos Apóstolos, nem tudo era isento de conflitos e dificuldades.

Deixando claro que os documentos mais importantes para entender o surgimento da Igreja são os 26 livros do Novo Testamento, podemos vasculhar também nas bíbliotecas a procura de textos antigos que não entraram no cânon bíblico. Não muitos chegaram até nós e há textos que conhecemos somente de maneira indireta, isto é, citado por outros autores.

Pela sua antiguidade, alguns escritos são ditos provenientes de Padres Apostólicos:

Já antes do final do primeiro século, temos a Epístola de Clemente, provavelmente do ano 95, do tempo em que foi escrito o Apocalipse. É uma carta escrita da igreja de Roma àquela de Corinto. É interessante porque ela já traz citações de textos do Novo Testamento.

Outros escritos antigos são a Epistola de Diogneto e também as cartas de Inácio de Antioquia, escrita às comunidades enquanto era levado ao martírio.

Um escrito muito famoso é a Didaqué, nome grego que significa “ensinamentos”. De fato, este texto traz lições cristãs de base.

Temos também a Epistola de Barnabé e a Epistola de Policarpo, bispo de Esmirne.

 

Padres da Igreja

A partir do segundo século, se multiplicam os textos, vindos principalmente de escritores cristãos que defendem a fé cristã contra as heresias e contra os pagãos. Esses escritores são chamados de Apologetas e podemos citar: Justino, Ireneu, Tertuliano, Atenagora, Hipólito, Teófilo, Cipriano, Novaciano, Clemente, Origene, Jerônomo, Agostinho e muitos outros. 

Esses escritores são chamados Padres da Igreja e inclusive existe uma matéria que os estuda, que é a Patrística. Eles são muito considerados pela igreja católica, enquanto que em ambiente protestante são menos considerados.

 

Onde encontrar esses textos

Em bibliotecas de faculdades cristãs se encontram facilmente coleções que trazem os textos latinos e gregos. Muito famosa é a coleção feita por Jacques Paul Migne. Outra coleção famosa e importante é a de Jean Daniélou e Henri de Lubac, que fundação o Instituto de Fontes Cristãs.

Hoje alguns textos podem ser encontrados também com uma simples busca em Google: Diogneto, Didaqué, Padres apostólicos, etc. Se preferir, pode também buscar nas livrarias cristãs. Vejo, por exemplo, que a Paulus vende a Didaqué.

472 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook