Uma janela sobre o mundo bíblico

Arqueólogos encontram casa da época de Jesus em Nazaré



Luiz da Rosa

Leia mais sobre Arqueologia |


Foram encontrados em Nazaré, Israel, pela primeira vez, vestígios de uma casa dos tempos de Jesus. A descoberta, um evento arqueológico sem procedentes, possibilitará uma melhor compreensão de como era a vida na região na época em que Cristo viveu.

Conforme explica uma nota de imprensa da Autoridade para Antiguidades de Israel, “restos de uma casa que remonta ao período romano foram descobertos pela primeira vez durantes as escavações realizadas por ocasião das obras de construção do Centro Internacional Maria de Nazaré, próximo à basílica da Anunciação”.

Os resultados foram apresentados numa coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira, realizada nas imediações de onde será o futuro Centro, por Barshod Dror, diretor da autoridade para antiguidades do distrito norte de Israel, acompanhado por Yardenna Alexandre, responsável pelas escavações, por especialistas franciscanos e por Dom Giacinto-Boulos Marcuzzo, bispo auxiliar e vigário do Patriarcado Latino de Gerusalém, encarregado de Nazaré.

“Jesus seguramente conheceu este lugar e talvez tenha conhecido esta casa”, diz um comunicado da Associação Maria de Nazaré, instituição que promove a construção do Centro.

Segundo Yardena Alexandre, arqueóloga que chefia as escavações “a descoberta tem importância capital, porque traz à luz, pela primeira vez, uma casa do povo judeu de Nazaré”.

“A edificação que encontramos é pequena e modesta” – continuou – “e quase seguramente constitui um exemplo típico das casas de Nazaré da época. De acordo com os raros registros escritos existentes, sabemos que, no primeiro século d.C., Nazaré era apenas um pequeno vilarejo hebraico”, acrescentando que até então, haviam sido encontradas diversas tumbas na região, mas nenhum artefato que pudesse ser atribuído com segurança à época de Jesus.

No interior da casa foram encontrados objetos, em sua maior parte fragmentos de cerâmica, da época romana (séculos I e II), particularmente recipientes usados em rituais caracteristicamente hebreus. Há indícios também de uma fossa que possivelmente teria sido utilizada pelos moradores para se protegerem durante a revolta contra os romanos, ocorrida em 67 d.C.

A Associação Maria de Nazaré pretende conservar os restos da casa, mantendo-os protegidos no interior das instalações do Centro Internacional Maria de Nazaré, onde estarão disponíveis para visitação.

O Centro, que deve ser inaugurado no final de 2010, é um projeto de iniciativa católica com vocação inter-religiosa, oferecendo espaço para convivência e diálogo com judeus e muçulmanos. Estão previstas instalações multimídia para visitantes e peregrinos, abordando o papel de Maria de Nazaré na fé cristã.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas no site: www.mariedenazareth.com.

3328 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook