Uma janela sobre o mundo bíblico

No original ou nos escritos de Flávio Josefo se menciona a corda que era colocado no sacerdote? Gostaria de saber se existe referência para comprovar o fato?



  • Pergunta de Airton Alves da Silva, Santo Andre
  • 1128
  • 05/03/2018
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Templo |


Olá Airton Alves da Silva de Santo André - SP!

Já chegou esta pergunta ao portal e foi respondida. Poderás conferir uma das resposta em http://www.abiblia.org/ver.php?id=9501

Deixo algumas informações para ajudar a compreensão da pergunta: Na realidade este fato, tudo passa por ser mais uma lenda ou mito que encontramos nos escritos dos comentaristas dos livros sagrados e que muitos pregadores utilizam em suas práticas, sem mesmo citar a fonte onde se encontrariam tais passagens. Mesmo porque em uma pregação ou prática muitas vezes se omitem de estes dados.

A citação deste fato nas pregações ilustra e quer dar razão a imaginação que se o sacerdote morresse no interior do Santo dos Santos poderia ser resgatado seu corpo caso fosse consumido pela ira divina puxando o corpo da vítima para fora do recinto sagrado sem ter que entrar no Santo dos Santos.

A maioria dos estudiosos do Antigo Testamente, cito o Dr. WE Nunally, professor de hebraico e judaísmo antigo e outros afirmam que é isso não passa de uma lenda e mito. Ele destaca que esse costume “não é encontrado em nenhuma fonte antiga, incluindo a Bíblia hebraica, o Novo Testamento, os Manuscritos do Mar Morto, Flávio Josefo [historiador judeu do primeiro século], os apócrifos, a Mishnah, o Talmude babilônico ou o Talmude de Jerusalém”.

Portanto fica aqui a observação, indicando que nada disto está escrito nos livros sagrados, e não passa de lendas e mitos antigos que ilustravam a compreensão e o desempenho do serviço sacerdotal do sumo sacerdote no serviço desempenhado no Templo.

1128 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook