Uma janela sobre o mundo bíblico

Gostaria de saber sobre a oração original do PAI NOSSO, Transliterado do Aramaico. Ela é bem diferente do Pai Nosso de nossa versão. A versão de Douglas Klotz é equivocada ou posso confirmar?



  • Pergunta de Be, Curitiba
  • 2100
  • 09/03/2018
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Pai Nosso |


Conheci através da sua pergunta a versão do Pai-Nosso de Douglas Klotz, que retém propor uma versão conforme aquela que teria sido a dita por Cristo. Não exite em taxar como fantástica tal proposta. Não tem nada de cristão nesse texto exceto a vontade de conduzir ao engano pessoas que não conseguem entender o que está por trás da oração de Jesus.

A primeira coisa a deixar claro é o que se entende por "original em aramaico". No curso da história temos tido diversas propostas e aquela que tem maior autoridade é, sem dúvida a versão siríaca dita Peshitta, que traz o texto bíblico em um dialeto aramaico.

Essa versão traz a oração de Jesus como apresentada nos evangelhos, em grego. A única coisa que se pode notar, conforme considerações de espertos do aramaico, é a troca da ordem de algumas palavras. Mas essas diferenças são simplesmente as normais diferenças entre duas traduções e basicamente dizem a mesma coisa.

É inútil tentar investigar e dizer que há outra versão do Pai-Nosso. Aquela que temos foi provavelmente dita por Cristo e a tradição, com muito cuidado, a transmitiu até nós.

Abaixo coloco uma versão em aramaico proposta por um conhecedor desse idioma, Steve Caruso.

 

 Abba,

Pai,

Yithqadash sh‘mak.
Possa o teu nome ser santo.

Tethe malkuthak.
Possa o teu reino vir.

Teh’wey ra’uthak.
Possa a tua vontade ser feita.

Pitthan d-çorak [2] hav lan yomden.
Dá-nos hoje o nosso pão necessário.

w-Shbuq lan hobenan. [3]
E perdoa as nossas dividas / pecados.

Hek ‘anan shbaqin l-haibenan.
Como perdoamos nossos devedores.

w-La ‘ul lan l-nisyon.
E não nos abondone na tentação.

Amém.

2100 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook