Uma janela sobre o mundo bíblico

A Bíblia nos afirma que tanto humanos como animais têm alma. Assim sendo, quais as matérias orgânicas de cada um? São as mesma? Deus os fez iguais em matéria orgânica, ou não?



  • Pergunta de carlos Rosa , são Paulo
  • 2115
  • 16/03/2018
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Animais | Alma |


Creio que a sua pergunta em relação à matéria orgância precisa de uma explicação científica, que não podemos dar. Em termos gerais, diria que os animais, e o ser humano dentro desse grupo, têm características orgânicas comuns. Apesar disso, há algo que lhes distingue.

 

O ser humano e outros animais na criação

Embora os animais tenham sido criados por Deus, nos textos bíblicos nunca são colocados no mesmo patamar do ser humano. Enquanto criaturas, os animais gozam de um lugar privilegiado no mundo e por isso precisam ser tratados com respeito e dignidade. Mas os dois textos que falam que no princípio Deus criou o mundo sublinham a centralidade do ser humano.

Em Gênesis 1, a primeira narração do ser humano, o autor sagrado diz que no auge da criação, antes do descanso, deus criou o ser humano, homem e mulher, “à sua imagem, como sua semelhança” (Gênesis 1,26).

Na segunda narração, que começa em Gênesis 2,4, a centralidade do ser humano é mais evidente. Nesse texto, o ser humano é criado da argila do solo e, depois que Deus “insuflou em suas narinas um hálito de vida” o ser humano se tornou “um ser vivente” (Gênesis 2,7). A palavra-chave da criação do ser humano em Gênesis 2 é “hálito de vida”. A palavra hebraica que traduz “hálito” é NeSHaMa. Isaías 30,33 traduz esse termo como “respiro” do Senhor. Não é fácil definir exatamente o que seja, mas é algo típico de Deus que é dado ao ser humano.

Os animais não têm essa característica, embora tenham sido criados pelo Senhor.

2115 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook