Uma janela sobre o mundo bíblico

Texto cuneiforme pode ter paralelo com a Aliança de Abraão



Luiz da Rosa

Leia mais sobre Arqueologia |


Arqueólogos do Canadá encontraram na Turquia um antigo tratado, escrito em letras cuneiformes, que pode ter sido um modelo para a desrição da aliança de Deus com Israel. O arqueólogo Timothy Harrison, da Universidade de Toronto, disse que a ‘tavoletta’, datada do ano 670 antes de Cristo, é um tratado entre o potente rei assírio Esarhaddon e os seus súditos, escrito em linguagem muito parecida com a narração bíblica da aliança de Abraão com Deus.

Mesmo sendo tema de debate, a maioria dos estudiosos admite que os livros da Bíblia Hebraica foram reunidos no século VII antes de Cristo, no mesmo período do tratado. No fim do seu governo, o rei Esarhaddon escreveu este texto com o objetivo de garantir uma sucessão pacífica ao seu trono. Essa preocupação era motivada também pelo fato que o seu pai fora assassinado pelo irmão.

A pedra com a escrita cuneiforme mede 43 x 28 centímetros, contém entre 650 – 700 sinais cuneiformes. Foi encontrada em pedaços, mas todos eles estavam próximos uns aos outros. A pedra foi encontrada em Tell Ta‘yinat, próximo ao Mediterrâneo, a 300 quilômetros ao norte de Damasco. As escavações levaram à desco berta de um templo com colunas ricamente ornadas, escalas monumentais, testemunhas de um reino potente, destruído pelos invasores assírios, em 738.

2158 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook