Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual foi o sentido da frase dita por Jesus quando na casa de Zaqueu referindo-se ao destino de seus "inimigos", em Lucas 19,27?



  • Pergunta de Fabio Bastos, São Paulo
  • 972
  • 12/05/2018
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Zaqueu |


Como diz Lucas 19, Zaqueu era o responsável pela coleta de impostos em Jericó. Os coletores de impostos eram pessoas de religião judaica que trabalhavam para os romanos que ocupavam a Palestina. Por causa dessa situação, essas pessoas não eram bem vistas pelos próprios conterrâneos, pois eram tidos como traídores, a serviço dos inimigos.

Esse "traidor" foi acolhido por Jesus, que o visitou em sua casa e, depois da sua conversão, o Senhor lhe diz: "Hoje a salvação entrou nesta casa, por que ele também é um filho de Abraão".

O versículo que você menciona é a conclusão de uma parábola, eventualmente contada por Jesus na casa de Zaqueu. Trata-se da parábola das minas ou dos talentos (Mateus), onde Jesus se compara a um senhor que distribui seus bens a seus servos, com a esperança que eles frutifiquem. Quem não consegue fazê-los frutificar é tido como "inimigo" de Cristo. E a eles é dado esse juízo:

"Quanto a esses meus inimigos, que não queriam que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e trucidai-os em minha presença".

É óbvio que é uma linguagem forte, mas é comum na boca de Jesus. Também um capítulo mais adiante (Lucas 20,16), o "dona da vinha", Jesus, quando chegar "destruirá os vinhateiros" que não se comportaram bem.

Primeiro de tudo é preciso lembrar que se trata de uma parábola e nesse caso, nada deve ser tomado literalmente. Nas parábolas, que não são eventos históricos, a narração está a serviço de uma mensagem. O que Jesus ensina é que quem não faz a vontade divina não sobrevive, não consegue ser feliz, é destruído e não alcançará a felicidade. A morte é o afastamento de Deus e a falta de realização na vida.

972 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook