Uma janela sobre o mundo bíblico

O poder do mal simbolizado pelo Império Romano?



  • Pergunta de Carlos, Parnamirim - RN
  • 1196
  • 19/07/2018
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Império Romano |


Olá Carlos de Parnamirim - RG!

Indiretamente já respondemos várias vezes esta pergunta em outras respostas semelhantes que indagavam sobre o poder do mal causado pelo Império Romano aos cristãos do primeiro século.

Na época de Jesus os Romanos estavam presentes na Palestina, com suas legiões, impondo uma nova ordem, submetendo o povo a um regime de escravidão velada na cobrança de pesados impostos. Tudo isto tornava o povo miserável e sem esperanças.

O poder dominante na Palestina, (Os Herodes, os Sumos sacerdotes, o sinédrio, fariseus, saduceus) para sobreviver se aliaram a presença dos Romanos, passando a governar na cartilha de Roma, cumpriam todas as determinações vindas do Império Romano.

O Império Romano, fazendo vez do mal e de Satanás seu autor.

Para entender melhor o que representou a presença dos Romanos como poder Imperial na região do mediterrâneo, a leitura do livro do Apocalipse, mostra muito bem como agia e se articulava o Império Romano. O livro do Apocalipse descreve a aliança do Império Romano com o poder de satanás, do mal, destruindo as comunidades, eliminando muitos cristãos pelo martírio, causando mal e opressão.

O livro do Apocalipse, mesmo descrevendo o mal causado pelos Imperadores Romanos. Nero, Deocleciano e outros, aos cristãos, pela perseguição e martírio, acena para a comunidade cristão que a força divina e muito maior que o mal causado pelo Império Romano. O Senhor Deus é salvação a comunidade e proteção

Consulta:

BORTOLINI, JOSÉ, O Apocalipse, Paulus, São Paulo, 2 edição, 1997.

MESTERS, CARLOS,Esperança de um povo que luta o apocalipse de São João uma chave de leitura, Paulinas, São Paulo, 1982.

1196 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook