Uma janela sobre o mundo bíblico

Como entender Ap 3,14-22: "Por que não és quente nem frio, mas morno vomitar-te-ei da minha boca". O que significa vomitar e por quê?



  • Pergunta de Carlos Rosa, São Paulo - SP
  • 2004
  • 13/08/2018
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Igrejas do Apocalipse | Apocalipse |


Olá Carlos Rosa de São Paulo - SP!

Está frase de Jesus aparece na descrição da sétima Igreja do Apocalipse, a Igreja de Laodicéia.

O texto da carta a Laodicéia, nos indica como agia esta comunidade vejamos o que o  Apocalipse 3,13 nos diz:

“13Conheço tua conduta: não és frio nem quente. Oxalá fosses frio ou quente!...” (Apocalipse 3,15) Bíblia de Jerusalém.

A comunidade de Laodicéia é toda negativa, contraria as outras comunidades vizinhas como Filadélfia ou Esmirna que eram positivas. Por não ser nem fria nem quente, Jesus vai vomitar de sua boca, é o que o texto nos apresenta.

Como entender este vomitar da boca?

Neste texto podemos interpretar o frio como ligado ao paganismo da cidade, e o quente a riqueza frente aos cristãos empobrecidos. Para Jesus nem um dos dois tipos de pessoas lhe agradavam.

A imagem do quente significa a indignação apocalíptica dos cristãos vivendo na pobreza frente as estruturas opressoras do Império Romano.

Assim os habitantes de Laodicéia querem ser as duas coisas buscando a riqueza (frio) e queriam ser cristãos (quentes), e no final não eram nem uma e nem outra eram mornos.

Estavam agindo como os Nicolaítas (gnósticos) viviam um cristianismo espiritualista, compatível ao Império Romano. Forçam o cristianismo a moldar-se ao Império Romano, e terminavam sendo nem seguidores da besta e nem seguidores de Jesus Cristo. São verdadeiramente mornos e Jesus vomita de sua boca.

Alguns comentaristas argumentam, assim como expelimos a água morna da boca porque ela provoca vomito, a frieza espiritual também é objeto de repugnância diante do Senhor. Ele quer de cada cristão uma fé resoluta um amor decidido.

Nota:

Aimagem utilizada do texto quente e frio é próprio da Região de Laodicéia. Existem em Laodiceia águas quentes termais tornando a cidade lugar de peregrinação e de banhos de cura. A carta recorda a característica da cidade.

2004 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook