Uma janela sobre o mundo bíblico

Existe vida no Mar Morto



  • Estudo
  • 1156
  • 14/10/2018
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Mar Morto |


Há alguns dias atrás foram divulgados algumas fotos pelo Dead Sea Revival Project (Projeto Reavivamento do Mar Morto) que mostram pequenos peixes nadando no Mar Morto. A notícia correu o mundo, pois todo mundo sabe que esse lago, que fica entre Israel e Jordânia, tem esse nome porque nele não há vida.

Os que deram a notícia também colocaram nos titulares que se estava realizando uma profecia de Ezequiel, como se encontra no capítulo 47, onde o profeta diz que a água que sai do Templo se tornerá uma sorgente de vida, que fará surgir plantas e animais pelo deserto afora, até chegar no Mar Morto.

A verdade é que não é preciso ligar essas descobertas de vida com eventuais profecias bíblicas. Ezequiel está falando bem de outra realidade, que é a renovação espiritual do seu povo, quando regressar para Jerusalém, depois do Exílio em Babilônia. A água, que é sinal de vida, é usada como símbolo dessa nova vida, que espera o Povo Eleito.

 

Um mar espetacular

O Mar Morto é sem dúvida uma realidade extraordinária. Às suas margens, todos ficam impressionados com a água salgada, tanto que não deixa nem memos os corpos afundar. Quando você coloca a sua água nos olhos, o sal é tanto que não consegue mais ver direito e precisa sair correndo para se lavar. O índice de presença do sal é muito alto, pois trata-se de uma depressão de 400 metros abaixo do nível do mar e a água que na pré-história ficou ali represada está se secando e cada vez o sal aumnta mais. Por causa dessa quantidade de sal, os peixes e outras criaturas não podem viver nessa água.

Há alguns pequenos rios e torrentes que costumam alimentar esse “mar”. O problema é que esses rios, entre os quais está o Jordão, estão cada vez sendo mais usados para irrigação e para outros usos da população e, no final, quando terminam seus percursos no Mar Morto, jogam nele pouca água. Isso acelera o abaixamento do seu nível.

Percorrendo a estrada que costeia o Mar Morto, de Qumrãn até Massada, é possível encontrar há vários metros de algura um sinal que diz qual era o nível desse “mar” nos anos 70. Ele está baixando muito rapidamente e a sua água está dimunuindo. Há em estudo projetos para jogar nele água do Golfo de Aqaba, mas a questão da segurança é muito delicada e por isso essa “salvação” do Mar Morto demora para acontecer.

 

Vida no Mar Morto

Não sei se a foto de peixes no mar morto é verdadeira ou não. Mas há evidências de vida nesse mar já documentadas há vários anos. Sabemos bem como os organismos conseguem a se adaptarem a situações extremas. E por isso, acho muito provável que seres vivos possam, aos poucos, serem encontrados no Mar Morto. Além disso, é evidente que os recursos de hoje são muito mais tecnológicos e conseguem de maneira mais fácil identificar possível presença de vida nessa água muito salgada. Pode ser que esses “peixes” sempre existiram, mas que só agora puderam ser fotografados, com aparelhos muito modernos.

Portanto, a minha posição e aquela de muita sobriedade, sem criar alarmismo ou ler o evento de um punto de vista “místico”.

1156 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook