Uma janela sobre o mundo bíblico

Porque os levitas do Antigo Testamento não podem ser comparados com os Músicos das igrejas atuais? Quais as diferenças?



  • Pergunta de Iva, São Paulo - SP
  • 311
  • 27/11/2017
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Levitas |


 Olá Ivan de Itaquaquecetuba -  SP!

Talvez não seja a minha pessoa a melhor indicada para responder sua pergunta. Em particular, respeito aos que pensam diferente, mas vejo no momento atual uma tendência, não muito boa de valorizar muito o texto e normas do Antigo Testamento. Jesus não falou em organizar novamente o templo de Jerusalém, até não valoriza o lugar material para o culto, construções enormes, ele mesmo afirma, onde estiver dois ou três em meu nome eu estarei ai presente o no meio deles.

Sua pergunta evoca uma organização do Templo, fala em levitas do Antigo Testamento em comparação com os músicos das Igrejas atuais. Eu vejo que a diferença está no essencial e na forma de trabalho. Alguma semelhança pode estar na questão musical, pois só toca ou canta a quem Deus dá este talento) que o grupo dos levitas músicos do Templo se relaciona com os músicos em nossas celebrações.

Quem eram os levitas no Templo de Jerusalém.

São em perto de 10 mil israelitas, da tribo de Levi, divididos em 24 classes, e que tinham a obrigação de 5 vezes por ano prestarem serviços no Templo. Não recebiam salários, não tinham direito das partes que eram separadas dos animais do sacrifício para alimento, e até parte do dizimo que no início recebiam fora confiscado. Durante o tempo que não exerciam atividades no Templo de Jerusalém tinham oficio normais como as outras pessoas. Viviam na cidade Jerusalém, como artesãos ou nos arredores como agricultores.

Os levitas do Templo eram divididos em 2 grupos: Os músicos, para animar as liturgias (cantos e instrumentos) .

Os levitas porteiros, se encarregavam da limpeza do templo e fiscalizavam as entradas nas portas evitando a entrada de pagãos no Templo.

A partir de 64 d.C passam a ter direito a vestes especiais e todos podiam ajudar no canto..

Quem são os músicos das Igrejas atuais.

Poucos tem o talento para a música, é apenas um pequeno número, que com dificuldade os responsáveis pelas Igrejas conseguem atrair, na maior parte das vezes em trabalho voluntário (vejo como exceção nas Igrejas da Alemanha em que o organista das celebrações é pago com dinheiro do dizimo (3 % do imposto recolhido). Afinal quem pode ser organista em uma celebração.

Concluo com o argumento: é infeliz a comparação entre levitas do Templo de  Jerusalém com os atuais músicos em nossas Igrejas. Existem, um grande abismo entre eles. Templo único, em uma cidade única Jerusalém, com classes sacerdotais vindas da tribo de Levi, serviços especiais.

311 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook