Uma janela sobre o mundo bíblico

Em que fase da sua vida Salomão escreveu cantares? Foi quando ele estava desviado dos caminhos de Deus ou quando ele estava na presença de Deus?



  • Pergunta de Miriam Busoli, Rio de Janeiro
  • 28892
  • 16/10/2006
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Autores da Bíblia | Salomão | Cântico dos Cânticos


Prezada Miriam, não sabemos quem é o autor do Cantar dos Cantares (Cântico dos Cânticos). Trata-se de uma obra pseudoepígrafa, isto é, a autoria é atribuída à Salomão essencialmente para dar importância ao livro, assim como Moisés é considerado o autor de todos os 5 primeiros livros da Bíblia, o Pentateuco, mas realmente ele não é o autor desses livros. Além disso se diz que Salomão é o autor por causa do conteúdo do livro. De fato o livro que se intitula, literalmente, “o cântico por excelência”, conta o amor mútuo de um amado e de uma amada, que se juntam e se perdem, se procuram e se encontram. E o Amado, em 1,4.12, é chamado Rei e Salomão (o pacífico), enquanto que a amada é a Sulamita (a pacífica) (7.1). A Sulamita foi, algumas vezes, confundida com a Sunamita Abisag que aparece na história de Davi e Salomão, em 1Rs 1,3 e 2,21-22: aquela jovem encarregada de “aquecer” o ancião rei Davi.
Sabemos também, graças a 1Rs 5,12, que o rei Salomão compôs cânticos e isso explica o que é escrito no primeiro versículo do livro onde lemos: “O mais belo cântico de Salomão”.
Além desse, ao terceiro rei de Israel foram atribuídos outros livros: os Provérbios, o Eclesiastes e a Sabedoria. Todavia todos esses livros, embora a data exata seja difícil estabelecer, são muito mais recentes do que a época de Salomão e não foram escritos do seu próprio punho.

Você pergunta objetivamente se Salomão teria escrito tal texto durante um período em que se encontrava em pecado. O que dissemos acima exclui tal possibilidade. De qualquer forma, creio que a sua dúvida possa ter nascido a partir do texto de 1Reis, capítulos 9 a 11. Sabemos que Salomão em certa fase de sua vida foi muito fiel a Deus e Lhe construiu o templo como moradia. Porém depois substituiu, conforme nos conta o livro dos reis, o amor a Deus com o amor às mulheres estrangeiras e ao templo contruído a YHWH opôs altares nas alturas construídos para que as suas esposas pudessem adorar seus deuses estrangeiros. Tal pecado de Salomão, de acordo com a história deuteronomística, foi a causa da divisão do reino. Imagino que você queira ligar essas paixões de salomão com o amor descrito no livro dos Cântico dos Cânticos, visto que esse último livro não cita nunca o nome de Deus. Se eventualmente você pretendesse interpretar o livro nessa linha, diria que estaria percorrendo uma estrada errada. Normalmente a interpretação que se dá é alegórica e considera o amor de Deus por Israel e o do povo por seu Deus são comparados como as relações entre dois esposos, tema já presente nos profetas, a partir de Oséias. Os cristãos, invés, às vezes lêem, sempre alegoricamente, o amor do Cântico dos Cânticos como representação do amor de Cristo para com a Igreja, sobretudo graças à interpretação de Orígenes.

Tratar dos autores dos livros bíblicos é sempre díficil. Um princípio básico é não considerar a autoria como uma realidade tal como temos hoje. Mais importante do que o autor é o conteúdo e ele, na Bíblia, é somente um instrumento nas mãos de Deus para revelar a Verdade de divina.

28892 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook