Uma janela sobre o mundo bíblico

Reflexão sobre a vida da viúva de Naim. Qual o nome do pai e da mãe?



  • Pergunta de Patrícia, Jandira - SP
  • 411
  • 10/01/2019
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Naim |


Olá Patrícia de Jandira - SP!

Sua pergunta não deixa de ser desconcertante, pois quer saber aquilo que o evangelho de Lucas não fala, ou fala somente o principal para que as pessoas vejam o milagre e junto mostre o quanto Jesus valorizou aquela mulher que perdera seu filho. Muitas dificuldades para sobreviver apareceriam.

Faltando informações do evangelista Lucas, aquilo que escrevemos passa para o mundo das previsões. Se fala da viúva a partir do conhecimento que temos da participação da mulher na sociedade Judaica do tempo de Jesus. Já temos muitas informações a respeito da situação e do lugar que ocupava a mulher nesta sociedade judaica. Sabemos de todas as discriminações que a envolvem. A partir destes dados analisados imaginamos que a viúva seria tudo isto.

 

Quem era a viúva de Naim?

O texto do evangelho de Lucas 7,11-17 narra o episódio da viúva de Naim, uma senhora do tempo de Jesus que tinha perdido o único filho, aquele que estava dando a ela sustento. Como aconteceu o episódio? Quando Jesus chegou a Naim, ressuscitou o filho da viúva. Esse milagre impressionou muitas pessoas por toda a região, conforme a conclusão da narrativa do milagre.

Naim era uma cidade pequena, aos pés do monte Tabor que ficava a uma  distância de 40 quilômetros de Cafarnaum, na Galileia. Jesus com seus discípulos e uma multidão que o acompanhavam em seu ministério, passam por Naim. Chegando a Naim Jesus se encontra com uma procissão, que transportava um corpo para ser enterrado (Lucas 7,11-17). O texto assim apresenta o fato o morto era o único filho de sua mãe, que era viúva e toda a cidade acompanhava.

Jesus vendo a viúva ficou com grande compaixão falando com ela. Em seguida Jesus se aproxima do esquife e mandou o jovem levantar. O jovem se acorda e levanta, e Jesus entrega o filho agora com vida a sua mãe. Todos os presentes ficaram maravilhados.

Esta é a narrativa do milagre, o evangelista Lucas não se preocupou em citar o nome da Mãe e nem o nome do filho, e nem o nome do Pai já falecido. Lucas mostra um Jesus que vai ao encontro do que está perdido e precisa de ajuda. Esta ajuda ele oferece, devolve o filho a Mãe. Esta é a chave de compreensão do milagre é o que devia nos interessar.

 

Mais considerações

Não sabemos porque uma grande multidão acompanhava a procissão funeral. Sabemos por nós mesmo que um velório que tenha muita gente é porque o morto é famoso ou tem importância para o lugar e as pessoas. Pode se imaginar que a viúva era conhecida por toda a cidade, por este motivo eram solidários com ela, no momento de desespero.

Vem a pergunta, Porque Lucas que era tão meticuloso nos fatos narrados neste não encontrou o nome da viúva e nem do filho?

A resposta em relação ao nome da viúva, e o porquê Lucas não colocou o nome  não sabemos. O que sabemos é isto: Ela era simplesmente uma viúva. Na sociedade judaica, a mulher e a viúva pouca importância tinham. Neste caso podemos dizer que a viúva era conhecida por sua desgraça, perdera o marido e agora o filho.

Não sabemos o nome dela, porque sua fama era de viúva, chamavam ela como viúva. Todos conheciam aquela mulher e sabiam que ela era viúva, o que significa que o velório do seu filho comoveu toda a cidade. Os moradores de Naim conheciam a viúva não pela sua profissão, nem pela riqueza que o marido deixara para ela e o filho, nem pela sua moral ou boa conduta, mas por um único motivo ela era uma pobre coitada e desamparada viúva que agora ficou abandonada no mundo por que o seu filho morreu.

411 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook