Uma janela sobre o mundo bíblico

O que define o Antigo Testamento e a diferença com o Novo? O que tem em um e não no outro?



  • Pergunta de Danilo Dultra, Feira de Santana
  • 1272
  • 16/01/2019
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Antigo Testamento | Novo Testamento |


O Antigo Testamento é o texto sagrado que conta a história do povo de Israel e transmite as profecias que homens inspirados por Deus revelaram aos hebreus, povo escolhido por Deus receber a revelação divina. O Novo Testamento, ao invés, conta a Boa Nova trazida por Jesus e narra a vida da primeira comunidade cristã.

No Antigo Testamento encontramos os personagens históricos de Israel: patriarcas, Moisés, os profetas, etc; no Novo Testamento aparecem Jesus e os apóstolos.

Podemos sintetizar a diferença destacando os elementos ditos acima ou ainda simplesmente através de uma constatação histórica: o Antigo Testamento fala daquilo que aconteceu antes do nascimento de Jesus, enquanto que o Novo Testamento conta a história a partir do seu nascimento.

 

A importância do Antigo Testamento

Às vezes se incorre na tentação de desvalorizar os 46 (ou 39 para os protestantes) livros do Antigo Testamento, visto que são aqueles 26 do Novo que falam de Cristo e dos Cristãos. Mas é um erro: como o Novo, também o Antigo é Palavra de Deus e serve ainda hoje para nós entender como Deus se revela, quem Ele é. De fato, lendo as histórias antigas entendemos exatamente quem é Jesus Cristo. As palavras do Antigo Testamento iluminar o que é dito no Novo e nos ajudam a entender melhor a mensagem de Cristo.

1272 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook