Uma janela sobre o mundo bíblico

O que quer dizer esta frase "Eu sou o Senhor teu Deus"? Como era a relação entre Israel e as outras divindades?



  • Pergunta de Carlos de Aguiar Caldas, Nossa Senhora do Socorro
  • 690
  • 09/02/2019
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Idolatria | Deuses |


Essa frase é o marco da revelação feita durante toda a história da salvação ao povo de Israel e é também a mensagem para nós hoje: o Senhor é o nosso Deus.

Para nós é evidente que o Deus de Israel sempre foi o Senhor, YHWH. Mas, como você insinua na pergunta, provavelmente não foi bem assim.

 

Um Deus entre outros

Provavelmente o processo que levou o povo de Israel a adorar um único Deus, rendendo característico da sua religião o monoteísmo, é fruto de uma caminhada, que coincide com a vontade reveladora divina. Ou seja: o monoteísmo é um ponto de chegada e não de partida.

Há indícios na Bíblia que mostram como na história, o povo judeu convivia com a ideia da existência de vários deuses. Entre esses, aos poucos, YHWH se revela potente e o preferido do povo.

Descobertas arqueológicas das últimas décadas vem demonstrando que Yahweh nem sempre esteve solitário. Antes da ascensão do monoteísmo em Israel, é provável que o Deus Yahweh fazia parte de um contexto politeísta onde havia um panteão de deuses e deusas.

A descoberta mais eclatante é aquela de Arad, que fica ao sul de Jerusalém. Ali foram encontradas evidências de que Yahweh foi adorado ao lado de uma deusa, que era a sua consorte, Asherah. Uma inscrição encontrada traz a seguinte frase:

“Abençoo-te em YHWH de Teman e sua Asherah”

Veja mais sobre a deusa Asherah, nesse artigo do nosso site.

 

O Deus único

Os historiadores retêm que foi a partir da reforma de Josias, contada em 2Crônicas 34 – 35. Em 34,33 podemos ler:

Josias retirou todas as abominações de todos os territórios pertencentes aos israelitas e obrigou todos os que encontrou em Israel a prestarem culto a Javé, o seu Deus.

É evidente, nos textos bíblicos o progresso na fé em Deus Yahweh, que de um entre vários, passa ser o único Deus. Por exemplo, Êxodos 34,14 fala de um Deus ciumento, porque é adorado em meio a outros:

Não se prostre diante de outro deus, porque Javé se chama Ciumento: ele é um Deus ciumento.

Aos poucos nasce a consciência da superioridade do Deus de Israel, coisa que ainda não exclue a existência de outros. Em Deuteronômio 10,17 lemos:

Porque Javé seu Deus é o Deus dos deuses e o Senhor dos senhores, o Deus grande, valente e terrível, que não faz diferença entre as pessoas e não aceita suborno.

E, aos poucos, a revelação da verdadeira identidade do Senhor é muito clara. Lemos em Isaías 44,6:

Assim diz Javé, o Rei de Israel, seu redentor, Javé dos exércitos: Eu sou o primeiro, eu sou o último; fora de mim não existe outro Deus.

E finalmente o salmista (18,32) pode dizer que somente Yahweh é Deus:

Quem é Deus, além de Javé? E quem é rochedo, fora o nosso Deus?

690 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook