Infelizmente não tenho em mãos essas versões, mas parece muito estranho que tragam Mateus 29. De fato, todas as versões que conhecemos terminam com Mateus 28 e não há testemunhos de um capítulo extra de Mateus.

Existe alguma questão sobre a autenticidade da frase que aparece no finalzinho do Evangelho de Mateus (versículo 19):

Ide, portanto, e fazei que todas as nações se tornem discípulos, batizando-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Essa forma trinitária (batismo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo) é suspeita para alguns, pois dizem que seria uma fórmula litúrgica que apareceu só mais tarde e que provavelmente não era conhecida por Mateus. Lucas, por exemplo, em Atos dos Apóstolos fala em batzar "no nome de Jesus' (Atos 1,5; 2,38).

Não sabemos se essa frase que fa menção à Trinidade seja ou não original de Lucas, mas sabemos que desde o início o batismo era visto como um fator de união com a pessoa de Jesus Salvador, com sua obra salvífica, que procede do amor do Pai e se completa pela efusão do Espírito Santo.