Uma janela sobre o mundo bíblico

Aonde está escrito: "bem-aventurados os peitos que não deram de mamar"?



  • Pergunta de João Batista Garcia, Uberlândia, MG
  • 737
  • 13/07/2019
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Jesus e as Mulheres |


É uma passagem dita por Jesus, enquanto era a caminho do calvário, onde foi crucificado, levando a cruz às costas. E se encontra em Lucas 23,29. Veja aqui o texto, do versículo 27 até o 31:

Uma grande multidão do povo o seguia. E mulheres batiam no peito, e choravam por Jesus. Jesus, porém, voltou-se, e disse: «Mulheres de Jerusalém, não chorem por mim! Chorem por vocês mesmas e por seus filhos! Porque dias virão, em que se dirá: ‘Felizes das mulheres que nunca tiveram filhos, dos ventres que nunca deram à luz e dos seios que nunca amamentaram.’ Então começarão a pedir às montanhas: ‘Caiam em cima de nós!’ E às colinas: ‘Escondam-nos!’ Porque, se assim fazem com a árvore verde, o que não farão com a árvore seca?» 

 

Como entender essas palavras de Jesus

Logicamente não podem ser interpretadas como um louvor às mulheres que não tiveram filho e muito menos como um conselho para não ter filhos, visto que "amamentar" está intimamente ligado à ser mãe. Essa passagem, ao invés, precisa ser entendica no contexto da paixão de Cristo.

Só Lucas lembra desse grupo de mulheres que parece se dedicar à assistência dos condenados à morte. O Talmud, que recolhe ditos da tradição judaica, diz que esses grupos de mulheres dava aos condenados bebidas anestéticas, para aliviar a sua dor. Pra esse grupo, Jesus dirige as palavras que colocamos acima, que são fortes e até ameaçadoras: 

Mulheres de Jerusalém, não chorem por mim! Chorem por vocês mesmas e por seus filhos!

Depois vem a frase pela qual você mostrou interece, que parece um tipo de profecia:

Porque dias virão, em que se dirá: ‘Felizes das mulheres que nunca tiveram filhos, dos ventres que nunca deram à luz e dos seios que nunca amamentaram.

Parece que Jesus está vislumbrando aquilo que acontecerá com Jerusalém no ano 70, quando a cidade - e também o Templo - será destruída pelos romanos. Mas, na verdade, ele está recordando o que aconteceu na história de Israel, há muitos anos antes, em 586 antes de Cristo, quando a Babilônia destruiu a cidade santa. Naquele dia, como diz Lamentações 4,4, "de sede, a língua dos bebês gruda no céu da boca; as crianças pedem pão, e ninguém lhes dá." Por isso, têm sorte as mulheres estéreis que, não tendo tido filhos, não os vêem morrerem. Além disso, foi isso que Jesus tinha previsto no seu discurso "escatológico" do destino último de Jerusalém e da história humana, um destino acompanhado por um tempo de grande desastre antes de que venha a salvação:

"Infelizes das mulheres grávidas e daquelas que estiverem amamentando nesses dias, pois haverá uma grande desgraça nessa terra e uma ira contra esse povo. Serão mortos pela espada e levados presos para todas as nações. Jerusalém será pisada pelos pagãos, até que o tempo dos pagãos se complete" (Lucas 21,23-24).

Portanto, no fundo Jesus está anunciando às mulheres de Jerusalém a eminente salvação.

737 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook