Uma janela sobre o mundo bíblico

Os 613 mandamentos são verídicos? Se for sim, por que 10 foram destacados e os demais não tanto divulgado hoje?



  • Pergunta de Andrei, Passo Fundo - RS
  • 636
  • 16/07/2019
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Mandamentos |


Olá Andrei de Passo fundo Rs!

Sua pergunta tem sentido, pois nos leva a controvérsia de Jesus com os fariseus, durante toda sua vida pública. Jesus devido a mentalidade dos fariseus teve com eles inúmeros problemas, que já conhecemos das leituras dos textos do Novo Testamento.

Quanto a pergunta, para aquele que não é conhecedor do texto do Novo Testamento ou mesmo do judaísmo, ficará difícil entender o que seja os 613 mandamentos se não tivermos um entendimento quem sejam os fariseus.

 

Os grupos político-religiosos no judaísmo

Encontramos dentro do judaísmo vários grupos tais como: os saduceus, os zelotes, os fariseus etc. Cada um deste grupo aglutinavam certo contingente de membros que seguiam a maneira de pensar e viver o judaísmo.

Os fariseus se caracterizavam por serem conhecedores da Lei, estudavam a lei, existiam escolas que ensinavam a interpretação da lei. Cito o apóstolo Paulo enviado por seus pais a Jerusalém para ser instruído no farisaísmo na escola de Gamaliel.

Os fariseus atuavam nas sinagogas, como interpretes da lei judaica, assim criaram e ensinavam seus ouvintes normas que muitas vezes a tornavam impossível a observância.

De fato proliferaram 613 leis para serem observadas a partir dos 10 mandamentos dados por Deus.

 

O que aconteceram com estas leis que não são tão lembradas como os 10 mandamentos?

O Novo Testamento, mostra as discussões de Jesus com os fariseus com referência a lei mostra a nova pratica de Jesus baseada na lei do Amor. Jesus ensina que acima de tudo está o ser humano e não a lei escrita. Ou a observância da lei pela lei.

Para o seguidor de Cristo a Lei absoluta e mais importante é a lei do amor. Para o cristão, seguidor de Jesus Cristo e seu evangelho não existe nenhum motivo para quer observar o que os fariseus ensinavam nos 613 preceitos da lei judaica.

 

Nota: Interpretação própria

No momento atual estão existindo muitos grupos evangélicos que estão valorizando muito o texto do Antigo Testamento. Caso da réplica do Templo de Salomão erguido em São Paulo. A entrada da Arca da Aliança, sendo carregada por sacerdotes com vestes semelhantes as descrições biblicas.. Os responsáveis utilizam réplicas de vestimentas dos sacerdotes usadas no  Antigo Testamento etc... O Antigo Testamento, a observância das normas etc., estão ligadas com o Judaísmo. Nós cristãos observamos o que Cristo nos orientou, e que vem complementar o que a lei e os profetas do Antigo Testamento nos deixaram.

Imagino que se estes grupos evangélicos continuarem buscando inspiração no Antigo Testamento para a vivência do cristianismo hoje, eles encontrarão dificuldades e tornarão difícil a existência de uma boa convivência entre os grupos.

Leia aqui mais sobre os 613 mandamentos.

636 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook