Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual a mensagem central contida nos setes sinais do evangelho de João?



  • Pergunta de Alcina Rubia Ferreira Caldas!, Belém - PA
  • 538
  • 10/08/2019
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Milagres |


 Olá Alcina Rubia Ferreira Caldas de Belém PA!

De fato no evangelho de João aparecem sete sinais (milagres) que marcam a obra e a proposta de João em seu evangelho.

O que João apresenta de mensagem central nestes 7 sinais?

No evangelista João narrando os sete sinais de Jesus procura mostrar quem é Jesus, descobrir a sua natureza divina, o verbo de Deus se fez carne e habitou no meio da humanidade, quer revelar a missão de Jesus.

Os versículos encontrados em João 20,30-31 podem clarear a compreensão vejamos:

“30Jesus fez, diante de seus discípulos muitos outros sinais ainda, que não se acham escritos neste livro. 31Estes, porém, foram escritos para crerdes que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus e para que crendo, tenhais a vida eterna em seu nome.” (João 20,30-31) Bíblia de Jerusalém.

Estes sinais de Jesus (sete sinais) narrados por João eram significativos para a história da comunidade, tendo um objetivo muito claro e específico: levar a comunidade joanina e aos leitores a crerem em Jesus Cristo, como filho de Deus, encarnado no meio de nós e participar da Vida em nome de Jesus. Em poucas palavras o que hoje se procura traduzir no binômio Fé e Vida. Existe um grande esforço de se trabalhar na catequese com estas categorias.

João procura em seu evangelho colocar o anuncio da Boa Nova de Jesus. O evangelho nasce dentro da própria comunidade joanina como memória de Jesus e como presença do Espírito Santo.

Foi espécie de resistência da comunidade contra os ataques do Império Romano, do judaísmo e do gnosticismo. Todo este esforço foi para que a comunidade não perdesse sua identidade configurada a partir de Jesus Cristo.

Complementando:

A lista dos sete “sinais”:

As bodas em Caná da Galiléia (2,1-12)

Cura do filho de um funcionário real (4,43-54)

Cura de um enfermo na piscina de Betesda (5,1-47)

Multiplicação dos pães (6,1-15)

Jesus vem ao encontro de seus discípulos caminhando sobre as águas (6,16-70)

Cura do cego de nascença (9,1-41)

Ressurreição de seu amigo Lázaro em Betânia (11,1-54)

538 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook