Olhando os manuais de História da Igreja encontramos as seguintes referência que dão resposta a sua pergunta.

1 - Quando surgiu o primeiro catálogo oficial dos livros sagrados?

O primeiro catálogo oficial das sagradas escrituras, conforme o uso cristão, surge no Concílio Regional de Hipona (África do norte no ano de 393 d.C.

Nesta ocasião foram aprovados como canônicos os atuais livros que estão na Bíblia Católica.

2 -  Está decisão foi reiterada no Concílio de Cartago nos anos de 419 d.C.

3 – A igreja Oriental no concílio de Trullo no ano de 692 confirma este elenco de livros sagrados.

4 – Os Jacobitas no Concílio de Florença da mesma forma aceitam como canônicos os atuais livros que compõem a Bíblia católica, no ano de 1441.

6 – Surge a controvérsia com Martinho Lutero com respeito dos livros do Antigo Testamento.

7 – Lutero considera apócrifos os livros do antigo testamento escritos em grego. A Igreja Católica continuou admitir como canônicos.

8 – no Concílio de Trento em 1546, A Igreja católica decidiu resolver o impasse de uma vez por todas.

O concílio de Trento promulga, oficialmente e sob excomunhão aos que ensinam ao contrário dos livros sagrados aceitos nos concílio anteriores, e os católicos são obrigados a aceitar estes livros como sacros e canônicos, integralmente, em todas as suas partes. Isto não quer dizer que o Concílio canonizou a Biblia Vulgata, escrita em latim.