Uma janela sobre o mundo bíblico

Deixar-se guiar pela Palavra de Deus



  • Estudo
  • 2777
  • 05/09/2006
Jacinto Bergmann

Leia mais sobre Discípulo |


Estamos no início do mês de Setembro. Já tradicionalmente este mês na Igreja Católica no Brasil é dedicado à Bíblia. Mês de Setembro é sinônimo de “Mês da Bíblia”. Persegue-se com este mês um objetivo muito claro: refletir sobre a importância da Palavra de Deus, tornar mais próxima das pessoas a Palavra de Deus e proporcionar a vivência da Palavra de Deus. Somente quem sabe da importância, quem acolhe a si mais proximamente e quem procura viver no dia-a-dia a Palavra de Deus, encontra nela luz para a vida e é mais feliz. Afinal segue a Palavra de Deus que é palavra de vida eterna e não palavra meramente humana que é transitória.

Existe uma frase que o grande amante da Palavra de Deus, o apóstolo dos gentios, São Paulo, escreveu ao irmão na missão, Timóteo, sobre a Sagrada Escritura, que é lapidar. Encontra-se na segunda carta de São Paulo a Timóteo: “Toda Escritura é inspirada por Deus e é útil para ensinar, para argumentar e para corrigir e educar conforme a justiça”. São três finalidades apontadas nesta frase de São Paulo.

A primeira finalidade indicada é que a Palavra de Deus é “útil para ensinar”. Quando se fala de ensinar, logo nos vem à mente o caminho. Ensina-se para vislumbrar o caminho certo. A Palavra de Deus, de fato, ensina o caminho certo a seguir. E este é Jesus Cristo, pois Ele se auto-define como sendo “o Caminho”. Feliz daquela pessoa que se deixa ensinar pela Palavra de Deus a seguir o Caminho certo, que é Jesus Cristo, no meio de tantos caminhos falsos propostos pelas forças do mundo atual.

Como segunda finalidade proposta por São Paulo, vemos a Palavra de Deus como sendo “útil para argumentar”. Quando se pensa em argumentar, logo nos vem à mente a verdade. A Palavra de Deus, de fato, argumenta a verdade segura a abraçar. E esta também é Jesus Cristo, pois Ele continua se auto-definindo como sendo “a Verdade”. Feliz daquela pessoa que se inclina diante dos argumentos da Palavra de Deus para abraçar a Verdade segura, que é Jesus Cristo, diante de tantas verdades ilusórias apresentadas pelas ideologias do pensamento atual.

E a terceira finalidade apresentada é que a Palavra de Deus é “útil para corrigir e educar conforme a justiça”. Quando se propõe o ato de corrigir e educar, repercute em nós a vida. Corrige-se e educa-se para a vida, e não para qualquer vida, mas sim para a vida conforme a justiça. A Palavra de Deus corrige e educa para a vida plena a ser assumida. E esta é igualmente Jesus Cristo, que se auto-define finalmente “a Vida”. Feliz daquela pessoa que se deixa, embora nada fácil às vezes, corrigir e educar conforme a justiça pela Palavra de Deus para assim assumir integralmente a Vida plena, que é Jesus Cristo, no meio de tantas vidas vazias oferecidas pelas idolatrias do mundo.
A Palavra de Deus ensina o Caminho certo, argumenta a Verdade segura e corrige/educa para a Vida plena. Ela assim mostra Jesus Cristo, “o Caminho, a Verdade e a Vida”. Por que não se deixar guiar por ela? Só ela nos faz felizes!
_________________

2777 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook