Uma janela sobre o mundo bíblico

Gostaria de saber se Maria teve outros filhos; A Bíblia relata Jesus como primogênito.



  • Pergunta de Cosme Ribeiro, são gonçalo/rj
  • 53034
  • 28/05/2007
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Maria, mãe de Jesus |



Cosme, a Bíblia não diz em nenhuma passagem que Maria teve outros filhos além de Jesus. Porém no Novo Testamento aparece diversas vezes a expressão “irmãos de Jesus”, que inclusive são identificados com Judas, Tiago, José e Simão. São mencionadas também as ‘irmãs de Jesus’, mas não sabemos como se chamavam.

Normalmente os católicos dizem que essa frase significa ‘primos’ e os protestantes retém que, invés, mostra que Maria não era virgem, mas teve uma vida matrimonial normal com outros filhos. Há uma terceira posição, aquele dos cristãos ortodoxos, que seguem o evangelho apócrifo de Tiago, que conta a história de José, esposo de Maria. Se conta que quando as autoridades do Templo escolhiam uma esposa para Maria, o bastão de José floresceu, sinal que ele era o varão escolhido. Ele porém protestou dizendo: “Já sou velho e tenho filhos; ela porém é jovem. Não quero ser ridículo aos olhos dos filhos de Israel” (capítulo 9). Desse texto se pode deduzir que antes do casamento com Maria, José já tinha se casado e daquele casamento teve filhos.

A posição dos protestantes, que retêm que Maria teve outros filhos, normalmente é sustentada pelo texto de Mateus 1,25, que diz que José não conheceu sexualmente Maria até quando ela deu à luz a Jesus. Portanto poderia ter tido ulteriormente relações com ela. Contudo o texto provavelmente quer apenas sublinhar o extraordinário nascimento de Jesus, sem a cooperação do homem e não quer dizer que depois Maria teve relações com o esposo. Pois se dizemos que uma tal companhia aérea não teve acidentes até hoje, não quer dizer que amanhã terá um acidente. Não queremos dar informações sobre futuro, mas só sobre a situação atual.

O texto bíblico fala literalmente de irmãos, ‘adelfói’ em grego. Porém pode ser que o termo na verdade seja usado para falar de parentes. Temos evidências que em hebraico se usa a palavra irmão (ah) quando se intende primo. Os escritores do Novo Testamenteo escreviam em grego, todavia tinham a mentalidade semítica, falavam aramaico e conheciam o hebraico. Por isso provavelmente escreviam em grego certos conceitos aramaico-hebraicos. Quando usavam ‘adelfos’, tinham na cabeça o correspondente vocábulo hebraico-aramaico ‘ah’. Outro argumento favorável a essa tesa é o fato que diante da cruz Jesus confia Maria à proteção de João. Hipotizando que tal gesto não tenha tido só um significado simbólico se pode dizer que se Jesus tivesse outros irmãos não teria necessidade de confiar sua mãe a João, que não é entre os assim chamados ‘irmãos de Jesus’.

No passado não havia dúvida sobre o significado da expressão ‘irmãos de Jesus’. A questão nasceu apenas nos últimos tempos, fruto de disputas entre diversas confissões. Talvez o mais importante é procurar o diálogo e concentrar o nosso esforço naquilo que nos converge, deixando as questões polêmicas no ângulo, em nome da caridade.

Pode aprofundar o tema lendo o artigo no nosso site entitulado “os irmãos de Jesus


53034 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook