Uma janela sobre o mundo bíblico

O que dizer da narração em Jonas 2?



  • Pergunta de Fábio Henrique Barboza Galhardi, Santo Antônio da Platina - PR
  • 7818
  • 09/03/2012
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Jonas | Jonas


O que dizer da narração do capítulo 2 do livro de Jonas: "E Iahweh determinou que surgisse um peixe grande para engolir Jonas. Jonas permaneceu nas entranhas do peixe três dias e três noites. Então orou Jonas a Iahweh, seu Deus..." vs. 1 e 2; "... Então Iahweh falou ao peixe, e este vomitou Jonas sobre a terra firme" v.11.  Li algumas vezes o Livro do Profeta Jonas. Li mais de uma vez a introdução à Jonas na Bíblia de Jerusalém que é a que uso há mais de 10 anos. Sou Ministro da Eucaristia, coordeno liturgia, atualizo de segunda a sexta-feira blog com a reflexão bíblia do dia. Amo ler, entender, tentar viver e, posteriormente, ousar em transmitir o que o texto nos narra, mas, sinceramente, este do profeta Jonas é contraditório. Tenho lido livros científicos para entender o tamanho de animais marinhos, sua alimentação etc. Agora gostaria de obter de vocês, seja quem for, por exemplo, o Frei Ildo Perondi, como explicar para as pessoas fato de Jonas dentro do peixe. Tenho 41 anos e desde 17 estou na caminhada da Igreja e, ainda assim, procuro ser cauteloso quando transmito algo relacionado a este Livro (Jonas). Poderia, na medida do possível, me proporcionarem uma explicação? Aguardo! Paz e bem!

Pergunta enviada por Fábio Henrique Barboza Galhardi (Santo Antônio da Platina - PR), em 31/01/2011

__________________________________

 Olá Fábio Henrique Barboza Galhardi de Santo Antônio da Platina – PR!

Tua pergunta é envolvente, pois indaga a respeito da História de Jonas. Se olharmos apenas com nossa razão, teremos dificuldades interpretativas, isto que você manifestou na contextualização da pergunta.

 

Como interpretar os livros Bíblicos

A Bíblia sabemos é uma biblioteca de conhecimento divino. São muitos livros. Além disto, encontramos muitos gêneros literários, que exigem de nós conhecimento se quiser entender e bem interpretar. Não podemos forçar a compreensão do livro dos Salmos, querendo usar um gênero interpretativo narrativo, ou histórico, eles são orações com um gênero próprio e formas próprias de serem escritas. Como não podemos entender um livro profético nos utilizando do gênero  sapiencial, nossa compreensão seria prejudicada.,

 

O livro de Jonas?

Voltemos para a narrativa do livro de Jonas, que permanece três dias no ventre da Baleia! Alguns autores chegam a colocar da possibilidade de uma grande Baleia, ou Cachalote, fazer tal proeza, a questão e como permaneceu vivo Jonas, entretanto esta interpretação no momento não contribuem.

Será mesmo que a Bíblia quer nos apresentar um fato real e verdadeiro com Jonas? É evidente se Deus quisesse poderia ter acontecido. Mas seria muita ostentação de Deus. Os exegetas atuais em seus comentários julgam que á História de Jonas é uma Parábola, ou seja, é uma narrativa que foi imaginada pelo autor para incutir uma lição religiosa ou moral em sua conclusão.

Jesus nos Evangelhos utilizou muito deste recurso literário, em seus discursos, pois era muito comum em seu tempo e mais ainda fazia parte da literatura Judaica. Assim temos conhecimento da Parábola do Semeador, da Parábola do Grão de mostarda, do filho prodigo etc. Todas elas têm um ensinamento moral final muito forte!

Jonas se pode dizer que existiu, foi um personagem real de seu tempo. Agora o enredo da história que o envolve, foi da criação do redator do texto, para transmitir um ensinamento forte.

 

Qual foi o ensinamento da história de Jonas?

A história de Jonas foi para chamar atenção e censurar o particularismo e o fechamento religioso dos grupos judaicos existentes depois do exílio (sec  5 a.C), que estavam representados na figura de Jonas e sua forma de pensar totalmente fechada.

O ensinamento da parábola quer abrir a mente de Jonas e seus contemporâneos para uma visão que o Reino de Deus deveria se estender a todos. Eles não formavam um grupo privilegiado.

7818 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook