Uma janela sobre o mundo bíblico

Onde na Bíblia explica que não podemos tomar a Santa Ceia sem antes passarmos pelas águas bastimais?



  • Pergunta de Meire, Taubaté
  • 81333
  • 11/06/2011
Luiz da Rosa

Meire, a nossa vida cristã é composta de inúmeros fatores, que derivam da Bíblia, mas não se limitam a ela. Tudo parte dela, que é encarnada no nosso dia a dia. Se quisermos encontrar diretrizes objetivas para cada comportamento privado ou comunitário na Bíblia, ficaremos, no mínimo, frustrados.  A Bíblia nos dá parâmetros que servem para julgar a nossa ação, mas cabe à comunidade e a cada um o progredir na fé, desenvolver o culto e a própria compreensão de Deus. Isso foi o que aconteceu na história da Igreja. Muitas coisas que temos hoje, como prática cristã, nasceram com a caminhada dos cristãos e não estão, ipsis literis, na Bíblia.

 

Em relação à Ceia, que para os católicos seria a Missa, um dos 7 sacramentos, na Bíblia não há nenhuma indicação direta de quem pode participar e quando pode participar. Não sei como cada igreja disciplina esse momento litúrgico. Na igreja católica os membros são admitidos à Eucaristia somente após o batismo e depois de um período de catequese e da confissão dos pecados.

 

Na Bíblia, com a celebração de Jesus com o os seus discípulos, na quinta-feira santa, na última ceia, Jesus instituiu esse momento dizendo, "fazei isso em memória de mim" (Lucas 22,19 - Veja também 1Coríntios 11,23 seguintes). Ele estava celebrando a páscoa, festa em que os judeus comemoravam a libertação da escravidão no Egito. Mas deu novo sentido: a partir de Cristo nós celebramos a sua passagem, a Páscoa, da morte à vida eterna. Nos evangelhos não se diz de forma alguma como deve ser essa celebração e nem quem pode participar.

 

Os outros livros do Novo Testamento apenas contam que os cristãos se reunião para a divisão do pão (veja Atos dos Apóstolos 2,42: "Eram assíduos ao ensinamneto dos apóstolos, à comunhão fraterna, à fração do pão e às orações"). Em nenhum momento se diz que alguns participavam e outros não. É claro que se compreende que quem participava eram cristãos. Atos dos Apóstolos conta que quem queria passar ao cristianismo era recomendado que se devia converter e ser batizado (Atos 2,27-28). Por isso poderíamos supor que os primeiros cristãos eram imediatamente batizados e então participavam com a comunidade na fração do pão. Mas não se diz isso literalmente nos textos.

 

A propósito da Ceia, sabemos, através da carta de Paulo aos habitantes de Corinto, que logo no início houve abusos. Paulo diz:

Não posso louvar-vos: vossas assembléias, londe de vos levar ao melhor, vos prejudicam. Em primeiro lugar, ouço dizer que, quando vos reunis em assembléia, há entre vós divisões, e, em parte, o creio. É preciso que haja até mesmo cisões entre vós, a fim de que se tornem manifestos entre vós aqueles que são comprovados. Quando, pois vos reunis, o que fazeis não é comer a Ceia do Senhor; cada um se apressa por comer a sua própria ceia; e, enquanto um passa fome, o outro fica embriagado. Não tendes casas para comer e beber? Ou desprezais a Igreja de Deus e quereis envergonhar aqueles que nada têm? (...) Eis por que todo aquele que comer do pão ou beber do cálice do Senhor indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor (1Coríntios 11,17-27).

81333 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook