No Novo Testamento nŃo encontramos notÝcias sobre a morte do apˇstolo JoŃo.

As informaš§es que temos vŕem da tradišŃo dos padres da igreja, algum dos quais tiveram contato com os discÝpulos dos apˇstolos.
Ireneu, o histˇrico EusÚbio, Justino, Clemente de Alexandria e outros - tambÚm os Atos Apˇcrifos de JoŃo, escritos na segunda metade do II sÚculo - nos dizem que JoŃo, filho de Zebedeu, discÝpulo de Jesus, mudou-se para ╔feso, depois de ter sido guia da igreja de JerusalÚm, com o seu irmŃo Tiago e com Pedro (Paulo chama os trŕs como 'as colunas da igreja', em Galatas 2,9).

Sempre segundo essas fontes, descobrimos que ele foi inclusive exilado para a ilha de Patmos, onde ficou um tempo antes de voltar para ╔feso atÚ a sua morte, na Úpoca do imperador Trajano (98 - 117 d. C.).