Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual o significado de Isaías 55,13?



  • Pergunta de Norma Barros, São Paulo
  • 36869
  • 25/10/2011
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Exegese | Isaías


Assim diz o texto do profeta: Em lugar do espinheiro crescerá o zimbro, em lugar da urtiga crescerá o mirto; isto trará renome a Iahweh e um sinal eterno, que nunca será extirpado.

 

O texto bíblico nunca pode ser tomado isoladamente. O texto lembra o tecido (textus): se você puxa um fio, não afeta apenas um quadradinho do pano, mas todo o tecido fica com o fio puxado, pois o fio está ligado com toda a trama. Assim é também com a Bíblia. Um versículo tirado do seu contexto é difícil de entender. Portando vamos ver um pouco o contexto dessa passagem.

Isaías é um livro que abrange muitas realidades e a sua composição é fruto de um longo processo de composição. Do capítulo 1 ao 39 o profeta é ameaçador, pois o contexto histórico em que está inserido conduz o profeta a manter o povo de Israel atento, ameaçando-o em caso de desobediência. Invés os capítulos 40 a 55 são textos consoladores: o julgamento já foi executado, com a ruína de Jerusalém e agora é eminente o tempo da restauração. Haverá um novo êxodo, que vai conduzir o povo à Nova JersMirstoualém, mais bela que a primeria. Assim Isaías inaugura o que chamamos de escatologia, distinguindo entre as "coisas passadas" e as "coisas vindouras".

 

Dentro desta perspectiva entendemos melhor a passagem que você menciona. O capítulo 55 é um convite a todos os fiéis a participar do banquete da nova aliança. Os versículos 12 e 13 desse capítulo, além de ligados com esse tema, concluem o conjunto dos capítulos 39 - 55. Em síntese, o profeta sublinha o tema do novo êxodo, caracterizado pela alegria e pela transformação do deserto - simbolizados com o espinheiro e a urtiga - em terra fértil (zimbro e mirto - foto ao lado, árvores frutíferas).

 

A leitura da bíblia precisa precisa ter ao menos 3 níveis: textual, moral e espiritual. Falamos sobretudo do nível textual. O aspecto moral é aquele que você tira para a sua vida. Cada um é responsável pela própria interpretação. Poderíamos dizer, por exemplo, que com Deus a nossa vida fica menos árida, que as dificuldades são superadas com maior facilidade. E depois o aspecto espiritual é um pouco mais complicado. Essa passagem é palavra de Deus, não um mero texto de auto-ajuda. Devemos fazer dele uma guia para a nossa vida; é Deus que fala através do profeta.

36869 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook