Uma janela sobre o mundo bíblico

Está ressurgindo o aramaico, falado por Jesus



Luiz da Rosa

Leia mais sobre Línguas |


Nós sabemos que no período de Jesus as pessoas naquela região onde ele viveu falavam o aramaico. Alguns trechos da Bíblia também foram escritos nessa língua. Na verdade são poucos versículos e alguns capítulos em Esdras e Daniel, excluindo as hipóteses que pretendem afirmar que os originais de Tobias e Mateus eram nessa língua.

 

Embora um ramo moderno da língua seja falado na cidade siriana de Maalula, normalmente o aramaico é apenas uma curiosidade para os especialistas em línguas semíticas desaparecidas ou quase. A mesma situação, vivida hoje pelo aramaico, foi experimentada também pelo hebraico, até que foi “re-inventado” por Eliezer Ben Yehuda (1858-1922), o grande responsável pela língua falada hoje em Israel. De fato até final do século XIX o hebraico não era mais falado.

 

Seguindo esse exemplo, dois canais de televisão de Israel começaram um projeto que pretende reavivar a língua aramaica, fazendo dela uma língua viva. A “Suroyo TV e “Suryoyo TV” tentam essa empresa fornecendo material nessa língua para telespectadores de Israel.

 

Seguindo o exemplo da Síria, também Israel deu permissão para escolas da cidade de Jish dar aulas de aramaico.

 

O aramaico moderno, segundo as estimas, é falado atualmente por cerca de 400 mil pessoas. Essa língua é escrita usando um alfabeto antigo, diferente do aramaico bíblico, que usa o alfabeto hebraico. O alfabeto atualmente usado é uma mistura dos carácteres hebraico e árabe. É formado por 22 letras e se escreve da direita para a esquerda, como o hebraico.

2489 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook