Uma janela sobre o mundo bíblico

Um sininho de ouro do período do Segundo Templo foi descoberto em Jerusalém




O Departamento de Antiguidades de Israel anunciou a descoberta de um sino de ouro de cerca de dois mil anos, durante escavações na antiga tubulação de água a partir do bairro de Siloé, fora das muralhas da velha cidade de Jerusalém, e da praça até o Templo. O sino, muito bem preservado, foi encontrado logo abaixo do Muro das Lamentações.

 

As escavações do canal de drenagem estão sob a direcção do arqueólogo Eli Shoukroun . Já no passado, froam encontradas moedas da época da Grande Revolta e vários utensílios do período do Segundo Templo.
Para os arqueólogos e especialistas no período do Segundo Templo, este sino era  anexado à vestimenta do sumo sacerdote de acordo com as descrições dadas pelas fontes bíblicas e judaicas.

 

"Parece que o sino estava costurado à roupa de um sacerdote importante de Jerusalém até o fim do Segundo Templo", disse Eli Shoukroun.

 

O sino da meia polegada de diâmetro é ouro puro. Quando o sacerdote andava, todos os sinos todos os sininhos da sua roupa tocavam. É bastante provável que o sino pertencia ao Sumo Sacerdote, como descrito no livro do Êxodo: "E nas suas bordas farás romãs de azul, e de púrpura, e de carmesim, ao redor das suas bordas; e campainhas de ouro no meio delas ao redor. Uma campainha de ouro, e uma romã, outra campainha de ouro, e outra romã, haverá nas bordas do manto ao redor, e estará sobre Aarão quando ministrar, para que se ouça o seu sonido, quando entrar no santuário diante do Senhor, e quando sair, para que não morra."(Ex. 28, 33-35)

11815 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook