Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual era o tipo de pessoas que participavam das primeiras Escolas Biblicas Dominicais.



  • Pergunta de Elias Moraes Nunes Moraes, Maracanau
  • 3631
  • 20/11/2011
Odalberto Domingos Casonatto

Olá Elias! de Maracanau

A pouco respondi tua pergunta a respeito da Escola Dominical. A resposta desta nova pergunta vem também a partir das pessoas que participaram desta Primeira Escola Dominical.

Vou tentar formular uma resposta baseada na resposta da questão anterior. Em si seria duas respostas, as pessoas que participaram da Escola Dominical dos Metodistas e as que participaram da Escola Dominical dos Congregacionais.

 

Os Metodistas os pioneiro em 1835

O Rev. Justin Spaulding organizou no Rio de Janeiro, entre estrangeiros ali residentes (grupo iniciado por Pitts) aproximadamente 40 pessoas uma congregação com estrangeiros. No mês de junho abriu uma Escola Dominical que iniciou com 30 alunos, sendo estes na maioria estrangeiros e poucos brasileiros, mas optou que o ensino na Escola Dominical seria inicialmente em língua inglesa. Por ser esta Escola Dominical na língua inglesa, (muitos dos membros eram estrangeiros de fala inglesa). Certamente por serem estrangeiros, não possuíam cargos públicos e desenvolviam atividades profissionais no Rio de Janeiro. Os poucos brasileiros eram trabalhadores.

 

Os Congregacionais em Petrópolis

O Dr. Robert Reid Kalley (1809-1888), médico e pastor escocês e a esposa, Srª Sarah Poulton Kalley (1825-1907), desembarcou no Rio de Janeiro no dia 10/05/1855, proveniente da Inglaterra. Eles são considerados os fundadores da Escola Dominical no Brasil. Em 19 de agosto de 1855, na cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro, eles dirigiram a primeira Escola Dominical brasileira. Apenas quatro crianças assistiram a primeira aula. Mas foi suficiente para que seu trabalho florescesse e alcançasse os lugares mais retirados de nosso país. Desta Escola Dominical surgiu à Igreja Congregacional no Brasil.

3631 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook