Uma janela sobre o mundo bíblico

Quando Deus criou o homem, Ele ensinou a sua linguagem. Até os tempos de Noé ainda falavam a mesma língua. Entretanto, na época da Torre de Babel foram confundidos. Qual o objetivo dessa confunsão? Esse problema é superado pela internet? Voltará o homem aos planos que outrora fora interrompido?



  • Pergunta de Joselei, Ibipitanga-BA
  • 4041
  • 25/11/2007
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Línguas |


A realidade de hoje nós conhecemos: a humanidade é formada por muitos povos e muitas línguas. É isso que Paulo diz em 1Coríntios 14,10: “Existem no mundo não sei quantas espécies de linguagem”. Partamos do princípio que as diferentes línguas testemunham a riqueza da criação e não representam em si um aspecto negativo.

Contudo, a história da contrução da Torre de Babel – Gênesis 11 (veja uma outra resposta) - diz que até então existia uma única língua e a humanidade ainda não se tinha espalhado pela terra. A ocupação de diferentes partes da terra trouxe consigo o surgimento de diversas línguas e, por consequência, a falta de compreensão entre os homens; a partir de então não existe mais unidade de sentimento, de pensamento e de vontade e nascem as guerras. Infelizmente essa confusão não tem um objetivo, mas é uma constatação. A culpa é jogada na língua, mas a multiplicidade linguística não significa pecado. O pecado reside na falta de comunicação. A comunicação é essencial na história da salvação. Deus se comunica. A história da salvação é diálogo entre Deus e o homem. E Deus fala em hebraico, no Antigo Testamento, mas também em grego, no Novo Testamento, e inclusive em português, hoje a cada um de nós. Esse nosso Deus poliglota não peca por ser poliglota, mas se engrandece graças à sua capacidade de dialogar com todos nós. Também a Pentecoste sublinha a importância da capacidade de entender, de dialogar (Atos dos Apóstolos 2,1-36).

Quanto à internet, pode, sem dúvidas, ser um modo de unir os povos e, portanto contribuir à unidade primordial. Mas também tem dentro de si a possibilidade de dividir, quando é usada de modo errado.

4041 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook