Uma janela sobre o mundo bíblico

Onde lemos que o Senhor é um Deus zeloso?



  • Pergunta de Marco Domingos, São Paulo
  • 23020
  • 15/03/2012
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Zelo/Ciúme | Deus | Êxodo


Olá Marco Antônio Domingos de São Paulo / SP!

Lendo o texto bíblico, com frequência encontramos citações que falam que o Senhor é um Deus zeloso!

Encontramos citações tanto no Antigo Testamento como no Novo Testamento.

Citamos algumas passagens no livro do Êxodo:

“Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam”.(Êxodo 20, 5)

Outra citação em Deuteronômio:

“porque o Senhor teu Deus é um Deus zeloso no meio de ti; para que a ira do Senhor teu Deus não se acenda contra ti, e ele te destrua de sobre a face da terra”.(Deuteronômio 6, 15)

 

Buscando uma compreensão do termo: "Por que Deus é um Deus zeloso?"

Olhando o contexto da citação, que envolve, no versículo 4 fala-se de imagens esculpidas por mãos humanas, já motivo de tantas argumentações escritas, no entanto querer argumentar esta questão das imagens fugimos aquilo que a pergunta indaga. Mesmo assim é importante encontrarmos um significado verdadeiro para “Deus zeloso”. Isto faremos a seguir:

 

É importante entender o uso da palavra "zeloso", no texto do livro do Êxodo. Em Êxodo 20,5 o adjetivo zeloso para descrever Deus é usado de forma diferente daquela usada para descrever a palavra ciúmes como aparece em (Gálatas 5,20). Usamos o adjetivo "zeloso", referindo-se a inveja de alguém por possuir algo melhor e que não possuímos. Ter inveja pode ser de um automóvel que alguém tem ou uma casa (bens materiais). Também poderemos ter inveja, de outra pessoa por não possuirmos algum talento que ela possui.

 

Êxodo 20,5 não trata de Deus tendo inveja porque alguém tem algo que Ele quer ou de que precisa. Observemos Êxodo 20,4-5 diz: "Não farás para ti nenhum ídolo, nenhuma imagem de qualquer coisa no céu, na terra, ou nas águas debaixo da terra. Não te prostrarás diante deles nem lhes prestarás culto, porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso..." Mas o texto fala de Deus que é zeloso, e se preocupa quando alguém dá a outra pessoa algo que pertence apenas a Ele. Esta passagem podemos polemizar de muitas formas, mas que não levarão a convencimento algum, o que verdadeiramente a passagens nos diz é que Deus é zeloso por aquilo que pertence a Ele e que o Povo de Israel estaria debochando Dele se fizesse imagens de outros deuses e terminassem prestando culto a estes deuses. Caso típico é o “bezerro de ouro”, que causou indignação em Moisés e quebrou as tábuas da Lei.

 

Nota: No Novo Testamento encontramos outras passagens que falam de zelo, o zelo de Jesus no episódio com os vendilhões do templo “o zelo por tua casa me devorará” (Jo 2,17) e também a figura de Paulo que coloca seu zelo à comunidade semelhante ao zelo de Deus e de seu filho Jesus. “Experimento por vós um zelo semelhante ao de Deus”. (2Cor 11,2) Vale a pena conferir a resposta de Odalberto Domingos Casonatto no dia 25/11/2011, para a pergunta, “Qual o sentido da expressão 'o zelo da tua casa me consumirá', segundo João 2,17”, de Marcos Soares, Duque de Caxias / RJ, enviada em 23/10/11.

23020 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook