Uma janela sobre o mundo bíblico

Por que Jesus não visitou as cidades de Séforis e Tiberíades?



  • Pergunta de Regina, Rio de Janeiro
  • 15600
  • 30/03/2012
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Jesus |


Olá Regina do Rio de Janeiro!

De fato uma pergunta intrigante. Séforis e Tiberíades localizam-se na Galiléia. A cidade de Tiberíades estava em frente à Cafarnaum do outro lado do Mar da Galiléia, e Séforis a 6 Km de Nazaré. Qual o motivo que existiria para que os Evangelhos não citem visitas de Jesus nestas cidades.

 

Situação de Séforis e Tiberíades na época de Jesus

Jesus presenciou a urbanização da Galiléia e em especial Tiberíades que se tornou capital da Província com Herodes Antipas e Séforis cidade em que funcionários reais passaram a viver.

Os agricultores da Galiléia viviam uma situação difícil, pagavam muitos impostos aos Romanos, e esta situação agravou-se quando, Herodes Antipas (um dos filhos de Herodes, o Grande) reconstruiu Séforis e mandou construir a nova capital, Tiberíades, (em homenagem ao Imperador Romano Tibério) exigindo a elevação dos impostos. Isto aconteceu na época que Jesus vivia (idade de Jesus 25 anos). Esta nova concepção de vida em cidades da Galiléia provocou uma forte desintegração social.

Herodes Antipas utiliza Séforis como centro administrativo da Galiléia. Estava edificada sobre uma colina com terras férteis, e foi a capital da Galiléia até a construção de Tiberíades. Esta era uma esplêndida capital construída por Antipas na margem do mar da Galileia, num terreno que foi antigamente um cemitério, por este motivo odiada pelos Judeus.

Em todo Império Romano, as cidades foram construídas no modelo romano para residência das classes que dirigiam as províncias. Ali viviam desde os governantes, até os responsáveis pelo armazenamento dos produtos a serviço do império. Existia um contraste gritante entre os moradores das cidades e os trabalhadores do campo.

Na reconstrução de Séforis, surgiram edifícios bem construídos, cobertos de telhas, com piso de mosaicos, ruas calçadas etc. Tiberíades por ser capital era monumental, ali estava o palácio de Herodes Antipas, edifícios da administração, cidade murada com portas ornamentadas. Esta opulência contrastava com as moradias das aldeias. Séforispossuia uma população de dez mil habitantes. Tiberíades, em volta de oito mil. O sustento de toda esta maquina administrativa sobrecarregou os trabalhadores do campo com pesados impostos.

 

Porque Jesus não visitou estas duas cidades

A proposta de Jesus e sua mensagem do Reino de Deus contratavam enormemente e era uma critica direta ao sistema de vida da Galiléia conduzido pelo Rei Herodes Antipas.

Aceitar a mensagem de Jesus seria navegar contra a corrente estabelecida. Jesus defendia tudo aquilo que estava perdido, aos olhos do império e da Província. Ele defendia o indigente, os famintos, as crianças, as mulheres, em fim os últimos da sociedade estabelecida.

Por estes motivos que o Evangelho não nomeia nenhuma passagem de Jesus nesta duas cidades importantes da província da Galileia: Séforis e Tiberíades. Esta constatação passa a ser intrigante, pois Cafarnaum estava perto de Tiberíades.

 

Estudiosos deste fato tentam encontrar uma razão que explique

- Uma das conclusões que chegaram é que parece ser descartada as razões de fundo religioso, pois em Séforis, e Tiberíades viviam moradores de cultura judaica. Embora existisse influência da cultura helênica.

. - Alguns afirmam que Jesus as evitou para que a sua mensagem do Reino de Deus não fosse enfraquecida pelas elites (conf. Horsley, Theissen, Crossan).

- Frequentando aldeias pela Galiléia Jesus queria apresentar com clareza as implicações sociais do reino de Deus (conf. Freyne).

- Ou ainda Jesus não queria se expor a uma possível fúria do Rei Herodes Antipas.

- A região fronteiriça de Cafarnaum, com a possibilidade de cruzar o lago, permitia-Lhe dirigir-se rapidamente para fora dos seus domínios. Em Cafarnaum passava a via da montanha que ligava Jerusalém a Damasco na Síria, e outros caminhos, muito utilizados. Era um entroncamento de estradas. (Hochner, Reed, Sanders).

- Um outro autor coloca algumas considerações importantes: O silêncio dos evangelhos sobre a cidades de Séforis e Tiberíades segundo Archibald Woodruff pode ser este. Séforis respira a cultura helênica, com uma população de funcionários públicos aliados aos Romanos estava afastada da realidade do campo tornando-se uma cidade desprezada pelos Galiléus. Da mesma forma era vista a capital Tiberíades.

- Estas duas cidades indicavam uma tripla tributação para a população: Imposto aos Romanos; tributo para Jerusalém serviços do Templo e ofertas para sacrifícios; impostos para construção e embelezamento destas duas cidades.

- Jesus e seu movimento passaram a resistência, e estas duas cidades mereciam o silêncio total. A cidade de Tiberíades passou a ser mal vista pelos Galileus, pois estava construída sobre um cemitério. (considerado lugar impuro, com exigência de um sacrifício de purificação se por ali passassem).

 

Olhando o conjunto dos motivos da ausência de Jesus nestas duas cidades da Galileia penso que estes alegados pelos autores, podem nos ajudar e mostram uma luz para o entendimento desta pergunta.

15600 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook