Uma janela sobre o mundo bíblico

Porque, o sábado de aleluia?



  • Pergunta de Esther, Ponta Grossa
  • 13450
  • 27/05/2012
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Semana Santa | Jesus | Mateus


Olá Esther de Ponta Grossa / PR!

 

Mesmo que nesta semana já foi feita pergunta semelhante enviada por Heloísa Maria de São Sebastião: “Por favor, poderiam me explicar o porquê do Sábado de Aleluia?” e respondida pelo Odalberto, pode ser conferida. Para valorizar teu interesse, Esther, em buscar esclarecimentos as dúvidas a respeito daquilo que ainda não conhece o suficiente, acrescentarei nesta resposta a pergunta que fazes mais alguns elementos?

Em primeiro lugar penso que buscas uma confirmação bíblica para a pergunta. Onde esta escrito na Bíblia! Para isto devemos incluir a pergunta entre as tantas que não encontrarás uma resposta na Bíblia, pois não aparece nenhuma citação. Assim o sábado de aleluia ao pé dá letra não é citado na Bíblia, mas encontramos muitos argumentos que ajudam a entender o porquê que a véspera do domingo Ressurreição de Jesus é chamado de sábado de aleluia!

Segue a argumentação de alguns pontos:

É no sábado santo que se acende o Círio Pascal, uma grande vela utilizada nas cerimônias religiosas da Páscoa que simboliza a luz de Cristo, que ilumina a humanidade. Nesta grande vela, estão gravadas as letras gregas. O Alfa e Ômega, que querem dizer "Deus é o princípio e o fim de tudo".

O sábado santo dos Gregos Ortodoxos no Santo Sepulcro de Jesus em Jerusalém.

Esta cerimônia que a comunidade grega ortodoxa realiza no Santo Sepulcro de Jerusalém, com os fiéis vindos da Grécia e de outros países. É empolgante. Todos querem uma centelha do fogo novo, da vida do ressuscitado para levar para suas casas. As portas do Santo Sepulcro, uma multidão agitada espera o fogo novo, assim que o sacerdote sai do Santo sepulcro, é uma empolgação e uma correria para chegar por primeiro a este fogo novo. Tive a oportunidade de varias vezes, durante o período de estudante de Bíblia em Jerusalém participar desta celebração.

Sabemos que a Semana Santa como é concebida nos dias de hoje é uma prática fundada na tradição ao longo da história do cristianismo.A cada ano celebramos uma semana a que chamamos de Santa, culminância do tempo de quaresma. Esta semana acontece quarenta dias depois dos festejos de Carnaval. Os cristãos celebram nesta semana o Mistério da Morte e Ressurreição de Jesus.

No início a Páscoa se celebrava em apenas um dia e ocorria a cada domingo. Mas, já no século II, foi dedicado um domingo especial e, a cada ano,na Páscoa se celebrava a Ressurreição de Jesus. A Páscoa cristã segue o calendário lunar Judaico, em que a Páscoa judaica ocorre no 14º dia do mês de Nisan. Considerando que Jesus ressuscitou no domingo, veio a se estabelecer que a Páscoa cristã é celebrada no primeiro domingo depois da primeira lua cheia da primavera do calendário judaico.

Já nos anos 400 de nossa era passou-se a vivenciar a paixão, a morte e a ressurreição com três dias de celebração, consagrados à lembrança dos últimos dias da vida terrena de Jesus. A sexta-feira comemorando especialmente a morte de Jesus, o sábado o seu descanso na morte e o domingo, a festa da ressurreição. Estes acontecimentos estão todos narrados nos quatro evangelhos. E nestas cerimônias a leitura destes fatos ocupa lugar preponderante na Leitura da palavra de Deus.

Celebra-se a libertação na Páscoa.

Para os judeus, a Páscoa é a celebração da libertação da opressão da escravidão do Egito, de onde saíram sob a liderança de Moisés rumo à terra prometida. Para os cristãos, a Páscoa celebra a libertação da opressão do pecado, e da morte, resgatados pelo sacrifício de Jesus.

Poderíamos nos alongar em descrever a Semana Santa, mas não é o objeto da resposta. Deixamos para isto outra oportunidade.

O porquê do sábado de aleluia?

Como já foi dito acima não encontramos escrito da Biblia a origem do sábado santo.

O que podemos afirmar é:

No ritual católico, a grande festa é o Domingo, a Ressurreição, esta é a maior festa, é a primeira é a origem de todas, foi o dia que passou a ser utilizado pelos cristãos na origem para se encontrarem, cantarem e entoarem hinos ao Cristo ressuscitado. Entretanto a população entende a missa de vigília, que começa à meia-noite do sábado como Sábado de Aleluia, ou seja, o sábado de alegria.

Os fatos são esclarecedores e muito mais simples que possamos imaginar. Mas o que deve permanecer e isto: vivermos a vida nova de ressuscitados, na família, na comunidade da igreja que pertencemos na sociedade.

13450 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook