Uma janela sobre o mundo bíblico

O que significa a palavra cães em Filipenses 3,2, tem o mesmo significado com Apocalipse 22,15?



  • Pergunta de Deivison, Belo Horizonte / MG
  • 153317
  • 12/08/2012
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Cães | judaizantes | Carta aos Filipenses


Olá Deivison de Belo Horizonte / MG!

 A palavra “cães” de Filipenses 3,2 e Apocalipse 22,15 podemos entender da seguinte maneira. Penso que seja a mais razoável.

Olhando a Carta Paulina aos Filipenses, notamos uma profunda amizade que Paulo tem com os Filipenses, é a chamada carta da alegria. Paulo está satisfeito, pois a comunidade acolheu de boa vontade sua pregação. Tem um grupo contrário a ele os judaizantes que ele alerta de sobremodo na carta. As palavras contra os judaizantes faz com que entendamos o significado que Paulo dá para “cães”, quando ele ataca os judaizantes (os que querem a volta a pratica da lei judaica). Em Filipenses 3,2 ele afirma:

 

Cuidado com os cães, cuidado com os maus operários, cuidados com os falsos circuncidados!”(Filipenses 3,2) Bíblia de Jerusalém.

 

Paulo utiliza a palavra “cães” com a mesma ironia que os Judeus chamavam os gentios de cães (conforme Mt 15,26). Paulo na carta aos Filipenses aplica o sentido de “cães”, aos judaizantes, que na comunidade atrapalhavam o crescimento em Jesus Cristo, querendo um retorno a pratica a lei judaica com todos os seus preceitos.

Concluindo: Paulo se refere a “cães” aos falsos judaizantes, que não estão aceitando a Jesus Cristo, e sua proposta.

 

Em poucas palavras podemos dizer que “cães” que aparece em Apocalipse 22,15, num modo geral tem o mesmo sentido de Filipenses 3,2 são aqueles que rejeitam a proposta de Jesus Cristo. Seguem a vida com seus próprios critérios e nãos os de Deus.

 

Ficarão de fora os cães, os mágicos, os impudicos, os homicidas, os idólatras e todos os que amam e praticam a mentira”. (Apocalipse 22,15) Bíblia de Jerusalém.

 

Para a compreensão da palavra “cães” esta muito bem explicada à resposta de Silvia Togneri na pergunta: “Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras e todo o que ama e pratica a mentira (Ap. 22,15). O que significa?” enviada em 01/06/2011.

“Vejamos primeiramente que em Ap 21,8.27 e 22,15 aparece a lista de quem não poderá participar da Jerusalém Celeste ou do Novo Céu e da Nova Terra. São todos os que não se mantiveram fiéis a Deus. E que rejeitaram o Cordeiro de Deus e se deixaram seduzir pela Besta (o Império Romano) por falta de fé e de valor. O texto está se referindo a todos os incrédulos e idólatras que se deixaram dominar pelo Império Romano. Na bíblia a idolatria significa substituir Deus Libertador por algo ou quem não é Deus e se deixar escravizar por ele, tal como o dinheiro, o comércio, o prazer, o poder, etc. Veja a respeito o que está em Ef 5,5 e em Cl 3,5, que nos diz que a cobiça é idólatra ou seja leva a quem se deixa dominar por ela a ser um idólatra. No Apocalipse, na Nova Jerusalém todos os fiéis e justos poderão ver a Deus, e quem durante a sua vida sempre negou a Deus, dele se afastou, não quis participar de uma vida com Deus e até o substituiu, pelas bestas, pela cobiça, pela mentira, pelo adultério, pelo assassinato, pela prostituição, enfim por toda a idolatria, este não poderá reconhecer verdadeiramente a Deus e assim estará impedido de entrar na Cidade Justa e Santa – a Jerusalém Celeste, que desce a terra. São esses que são considerados como “cães”, que estão fora da cidade santa.”

 

Resaltamos que ainda alguns comentários que encontramos para Filipenses 3,2 e Apocalipse 22,15 aplicam a palavra “cães” para “pastores cães” (anunciadores do evangelho de Jesus).

Como se observa no versículo, “os pastores-cães” são cobiçosos, avarentos; só se preocupam com o próprio ventre; sempre buscam a sua satisfação pessoal deixando as ovelhas ao abandono. A ideia de existir um cão conduzindo as ovelhas é contra ao Evangelho. Jesus. Na parábola do Bom Pastor enfatiza que “O bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas”. O bom pastor, não ladra, não ataca, não coloca o rebanho em apuros, mas fala o que convém às ovelhas. O objetivo primordial do bom pastor é colocar seu rebanho sob o temor contínuo do Senhor.

Em conclusão para estes comentadores os cães representam as pessoas más que não se arrependem de seus pecados e se afastam de Deus!

153317 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook