Tatui, a sua pergunta tem duas possibilidades de resposta.

A primeira delas é mais ampla e tem a ver com a teologia do Antigo Testamento. Os autores dos livros, sobretudo aqueles históricos, do Antigo Testamento vêem as guerras feitas pelo povo hebreu contra seus inimigos como guerra sagrada, onde o povo lutava em nome de YHWH. Se tomamos, por exemplo, a conquista da Terra Prometida, conforme contada em Josué, veremos que a conquista de Jericó é obra do Senhor. De fato Josué, antes de combater contra a cidade, encontra um personagem misterioso, que se diz ser o “chefe do exército de Iahweh” (Josué 5,15). Em seguida a cidade é conquistada, “pois YHWH entregou a cidade” aos hebreus (Josué 6,16). Portanto as cidades destruídas pelo povo hebreu são, na teologia do Antigo Testamento, destruídas por YHWH. E nesse caso são várias as cidades.

A segunda resposta possível, talvez aquela que você está esperando, podemos encontrar em Gênesis 19. Por causa dos pecados da região, “YHWH fez chover sobre Sodoma e Gomorra, enxofre e fogo (...) e destruiu essas cidades e toda a Planície, com todos os habitantes da cidade e a vegetação do solo (Gênesis 19,23-25). Em Deuteronômio 29,22 há uma recordação dessa destruíção. Nesta passagem, além de Sodoma e Gomorra, são lembradas também Adama e Seboim, “que YHWH destruiu em sua ira e furor”. Mas destas duas cidades o Gênesis 19 não fala.