Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual era o nome do homem que tinha duas mulheres e quem são elas?



  • Pergunta de Marcia, Jandira / SP
  • 14944
  • 02/11/2012
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Elcana |


Olá Marcia de Jandira / SP!  O texto bíblico do livro de Samuel 1,1-2, justamente na abertura deste Livro nos fala de Elcana, filho de Jeroam, morador em Ramataim, um Sufita, que possuía duas mulheres Ana e Fenema. Recordamos este texto bíblico, pois ele fala de um caso que não é o comum daquilo que Deus pede. Mas que na Bíblia vamos encontrar muitos textos que narram estes fatos de um mesmo homem possuir duas mulheres. Observemos a narração do livro de Samuel 1,1-2:

“ 1 Houve um homem de Ramataim, um sufita, da montanha de Efraim, que se chamava Elcana, filho de Jeroam, filho de Elié, filho de Tou, filho de Suf, efraimita. 2 Elcana possuia duas mulheres: Ana era o nome de uma, e a outra chamava-se Fenena. Fenena tinha filhos; Ana, porém não tinha nenhum,” (Samuel 1,1-2) Bíblia de Jerusalém.

Considerando:

É muito comum ouvirmos o ditado popular “que por de trás de um grande homem existe uma grande mulher”. Ou mais ainda por trás de um homem fracassado existem duas mulheres.

No nosso dia a dia, ouvimos e vemos inúmeros casos do fracasso de homens quando não consideram o quanto vale o ensinamento divino. O ex-Presidente americano Bill Clinton, amargou o debate público e quase a perda do mandato, por envolvimento com uma segunda mulher. E assim segue os exemplos.

Casos bíblicos:

A relação de um homem com duas mulheres é sempre complicada e traz muitos dissabores. Jacó, por exemplo, casou com duas mulheres irmãs. Ele amava Raquel, e serviu ao sogro Labão durante sete anos para casar-se com ela. Mas na noite de núpcias foi enganado e recebeu Lia, irmã de Raquel (Gn 29,25). A história continua.

O Caso de Elcana

Experiência semelhante de Jacó teve outro personagem bíblico o Elcana, casado em primeiras núpcias com Ana. Como Ana era estéril, Elcana tomou para si outra mulher, para ter descendência, chamada Penina. “Mas este passo, motivado pela falta de fé em Deus, não trouxe felicidade. Elcana teve descendência de filhos e filhas na sua casa; mas a sagrada instituição de Deus foram esquecidas, e Deus interrompeu a paz da família. Penina, a nova esposa, que lhe dera descendência era ciumenta e orgulhosa tornando difícil a convivência com Elcana.

Mais um fez o texto bíblico confirma que os ensinamentos de Deus não pode ser contrariado, caso contrário trazem infelicidade.

14944 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook