Uma janela sobre o mundo bíblico

Onde está a passagem na Bíblia que Salomão julga a causa das duas mulheres?



  • Pergunta de Fernando, Cabo Frio / RJ
  • 210271
  • 19/11/2012
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Salomão | Sabedoria |


Olá Fernando de Caboa Frio / RJ!

 

 

Perguntas por uma das mais belas passagens da Bíblia que nos fala da sabedoria de Salomão. Esta passagem encontramos em I Reis.3,16-28 que narra o incidente das duas mães, e mostra como Salomão em sua sabedoria julga o acon tecido.

 

O fato das duas mães e a sabedoria de Salomão

No primeiro livro dos Reis encontramos uma história muito conhecida, e que ouvimos já muitas vezes sobre duas mulheres, mães solteiras, que naquele tempo, ter um filho fora do casamento tinha consequências graves para a mulher. Ela estaria desamparada, por sua família, sua manutenção era precária, sozinhas na época, sem trabalho digno era quase impossível de sobreviver, geralmente caiam na prostituição como meio de sustento próprio e de seus filhos.

No primeiro livro dos Reis.3,16-28, presenciamos o Rei Salomão, rei considerado sábio, julgando a causa de duas mulheres. Estas mulheres moravam juntas, eram prostitutas, ambas haviam tido filho recentemente.

 

“16 Então vieram duas mulheres prostitutas ter com o rei, e se puseram diante dele.

17 E disse-lhe uma das mulheres: Ah, meu senhor! eu e esta mulher moramos na mesma casa; e tive um filho, estando com ela naquela casa.

18 E sucedeu que, no terceiro dia depois de meu parto, também esta mulher teve um filho. Estávamos juntas; nenhuma pessoa estranha estava conosco na casa; somente nós duas estávamos ali.

19 Ora, durante a noite morreu o filho desta mulher, porquanto se deitara sobre ele.

20 E ela se levantou no decorrer da noite, tirou do meu lado o meu filho, enquanto a tua serva dormia, e o deitou no seu seio, e a seu filho morto deitou-o no meu seio.

21 Quando me levantei pela manhã, para dar de mamar a meu filho, eis que estava morto; mas, atentando eu para ele à luz do dia, eis que não era o filho que me nascera.

22 Então disse a outra mulher: Não, mas o vivo é meu filho, e teu filho o morto. Replicou a primeira: Não; o morto é teu filho, e meu filho o vivo. Assim falaram perante o rei.

23 Então disse o rei: Esta diz : Este que vive é meu filho, e teu filho o morto; e esta outra diz: Não; o morto é teu filho, e meu filho o vivo.

24 Disse mais o rei: Trazei-me uma espada. E trouxeram uma espada diante dele.

25 E disse o rei: Dividi em duas partes o menino vivo, e dai a metade a uma, e metade a outra.

26 Mas a mulher cujo filho em suas entranhas se lhe enterneceram por seu filho), e disse: Ah, meu senhor! dai-lhe o menino vivo, e de modo nenhum o mateis. A outra, porém, disse: Não será meu, nem teu; dividi-o.

27 Respondeu, então, o rei: Dai à primeira o menino vivo, e de modo nenhum o mateis; ela é sua mãe.

28 E todo o Israel ouviu a sentença que o rei proferira, e temeu ao rei; porque viu que havia nele a sabedoria de Deus para fazer justiça.” (1 Reis 3,16-28) Bíblia Almeida.

 

O que o fato nos conta é que uma mãe é capaz de dar seu filho a outra mulher ao deixá-lo morrer.

Embora fossem mulheres prostitutas, considerada, desprezíveis e inferiores na sociedade israelita, mesmo assim o Rei Salomão as atendeu, e julgou sua causa com justiça, e seu julgamento foi dirigido por Deus, por que a sabedoria que havia na vida de Salomão era divina, doada por Deus e não humana. Aquela mãe, mesmo sendo prostituta, recebeu seu bebê, novamente em seus braços.

 

Ensinamento:

Creia em Deus confie sua vida Nele. Deus te dará vitórias na  caminhada da vida. Não estarás só.

210271 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook