Uma janela sobre o mundo bíblico

Quantas vezes o verbo ouvir aparece na Bíblia em suas variadas conjugações?



  • Pergunta de Welington Alves dos Santos, Mutum - MG
  • 14701
  • 03/04/2013
Ivete Holthmam

 A raiz do verbo ouvir é Shamah, (da raiz: Shin, mem, ain)  e aparece em 1085 versículos, sendo que em alguns versículos aparece duas vezes.

Shamah tem o significado básico de "ouvir." Se expressa nos seguintes modos:

1) "escutar a," "prestar atenção,"

2) "obedecer" (com palavras relacionadas a “mandamentos" etc.),

3) "resposta a uma oração," "ouvir,".

4) "entender" e

5) "ouvir criticamente, "examinar" (na corte) .

Exemplos do uso básico do verbo são numerosos. Vamos ver alguns: Nm. 12,2 (o Senhor ouviu Miriam e Arão resmungando), Dt 4,12 (os israelitas ouviram o som da voz de Deus, mas não viram nenhuma forma) e Gn 3,8 (Adão e Eva ouviram a voz de Deus no jardim). O objeto da audiência pode ser expresso em uma cláusula dependente, como em Gn 37,17 "ouviu (eles), dizendo:" Gen 14,14   "ouviu que seu irmão havia sido preso," Jz 7,11 "ouvirás o que eles dizem."

Ouvir no sentido de “obedecer" é ilustrado em Gn 3,17 (Ao homem, Deus disse: “Porque escutaste a voz de tua mulher...), 1Rs 22,19, "ouve, pois, a palavra do Senhor", Sl 81,11 "O meu povo não quis ouvir a minha voz" e Pr 12,15, "Aquele que ouve o conselho é sábio." Em outros textos aparece o sentido de escutar como “obedecer”, como em Êxodo 24,7 “Tudo o que falou o Senhor faremos e obedeceremos.”, Is 42,24 "obedecer à sua lei"; Nee 9,16, "Eles não obedeceram teus mandamentos" e Jr 35,18, "Você obedeceu ao mandamento de Jonadab."

Em Jz 13,9 Deus "ouve a voz de Manoá," no sentido de responder à sua oração. Uso semelhante é encontrado em Ez 8,18 “Ainda que me gritem aos ouvidos em alta voz, nem assim os ouvirei” ; Salmos 4,1", ouve a minha oração", que é paralela a "responder-me quando eu chamar", e Sl 34,17  "O Senhor ouve o clamor (dos justos)."

Em conexão com a oração respondida, Deus declara um princípio muito importante em Jeremias 11,10-11. Porque Israel se recusou a ouvir as palavras de Deus, quando Ele falou com eles, eles irão descobrir que, quando eles clamarem a Ele no tempo da angústia, Ele não vai ouvi-los (responder a) seu clamor. Miq 7,7 expressa a confiança dos justos, daquele que dá ouvidos a voz de Deus, que de fato Deus vai ouvir sua oração. Uma palavra ainda mais forte de incentivo nos é dada no Salmo 94,9, "Aquele que fez o ouvido, não ouvirá?".

Ouvir de uma forma eficaz envolve também a ideia de "entendimento". Assim, em Gn 11,7, depois da confusão de línguas em Babel, os homens já não podiam "ouvir" (ou seja, "compreender") um ao outro.

No sentido de relatório, notícias, fama, rumor. De notícias em geral, seja ela boa ou ruim, 2) da fama ligada a uma pessoa, e 3) de boatos, em oposição ao conhecimento experiencial pessoal. Assim, ela é usada em Isaías 23,5: “Como quando se ouviram as novas do Egito, assim haverá dores quando se ouvirem as de Tiro”. Em 1Rs 10,1, é utilizado para descrever a fama de Salomão que tinha alcançado até a rainha de Saba: “E ouvindo a rainha de Sabá a fama de Salomão, acerca do nome do Senhor, veio prová-lo com questões difíceis”.

Usada como: fama ou noticia, Ex.: “ouvimos a tua fama” (Jr 6,24), ou dos atos de Deus (Js 9,9), e 2) “Assim era o Senhor com Josué; e corria a sua fama por toda a terra”(Js 6,27).

Na grande confissão de Jó 42,5: “Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te veem”, ele atesta que o seu conhecimento anterior que tinha de Deus, era apenas boato, e que, como resultado de seu encontro pessoal com Deus, ele chegou a ver o seu próprio nada diante da grandeza de Deus.

Usada também como som. Ex. Sl 150,5 “Louvai-o com címbalos sonoros”;  “soando címbalos".  Parece que são pequenos címbalos tilintando ao contrário dos altos, da segunda parte do versículo “louvai-o com címbalos retumbantes.

14701 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook