Uma janela sobre o mundo bíblico

Gostaria de saber qual é a tradução da Bíblia em francesa que equivale à portuguesa de João Ferreira de Almeida.



  • Pergunta de Adalberto da Silva Rocha, São Paulo / SP
  • 6172
  • 20/02/2013
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Traduções da Bíblia |


Olá Adalberto da Silva Rocha de São Paulo! A pergunta embora curiosa não deixa de demonstrar interesse em conhecer de perto a palavra de Deus. Busquei reposta na história das traduções da Bíblia. Que infelizmente nos demonstra as dificuldades que encontraram os tradutores em expressar corretamente nas próprias línguas a mensagem do texto original.

A tradução de João Ferreira de Almeida, protestante, acontecida em Portugal até os dias de hoje continua presente nas mãos de milhares de pessoas. Sem querer entrar no mérito da questão apenas algumas considerações sobre as dificuldades que ele encontrou na tradução de seu texto bíblico para o Português.

Quem era João Ferreira de Almeida?
João Ferreira de Almeida foi um pastor protestante nascido em Torre de Tavares, Portugal. Conhecedor do hebraico e do grego utilizou estes manuscritos originais como base de sua tradução. Segue um caminho diferente dos outros tradutores que fizeram suas traduções a partir da Vulgata Latina de São Jerônimo.

A tradução de João Ferreira de Almeida foi muito discutida e controvertida, por causa de erros de tradução. Começou traduzindo o Novo Testamento, do grego e publicando-o em 1681, em Amsterdam, na Holanda. Traduzido o texto original para o Português. Almeida na tradução revelou um tipo de português arcaico, com palavras já sem uso e carentes de significado. Essa tradução tinha numerosos erros e o próprio Almeida compilou uma lista de duas mil (2.000). Uma Comissão Holandesa, fez uma  harmonização da tradução de Almeida com a versão holandesa de 1637.

Almeida na sua tradução utilizou o Textus Receptus feito por Erasmo, em 1516 (considerado um texto inferior), pois ele representa o Texto Bizantino, o mais fraco e mais recente entre os manuscritos gregos. A tradução e publicação completa da Bíblia Almeida aconteceu somente no século XVIII. Apesar do texto inferior por ele usado, dos muitos erros com novas edições e correções, é uma tradução bem aceita pelos protestantes de língua portuguesa, utilizada até hoje.

A tradução da Bíblia para o Francês
A primeira Bíblia francesa completa foi uma tradução por Jacques Lefèvre d'Étaples, publicada em 1530 em Antuérpia.

Jacques Lefèvre D’Étaples (c.1455-1536) foi um humanista e erudito bíblico, precursor da Reforma Protestante na França, que visou à reforma da Igreja Católica, tendo iniciado as suas pregações em 1514.

A Biblia de Lefèvre aprovada, depois proscrita
Foi na França que o famoso humanista Jacques Lefèvre d’Étaples estava empenhado em traduzir a Bíblia do latim para o francês, consultando também o texto p. 21 grego. D’Étaples sonhava em tornar a Bíblia disponível para todos. Em 1523, ele publicou em Paris uma tradução do “Novo Testamento” em francês. Os teólogos da prestigiosa Universidade de Sorbonne censuraram essa tradução porque estava no vernáculo isto é escrita em francês. Temendo algum ataque da parte deles, D’Étaples fugiu de Paris e refugiu-se no nordeste da França.

Em vista dessa oposição das autoridades, os gráficos e impressores na França não se arriscavam a imprimir a Bíblia em francês. Assim, D’Étaples foge para Holanda, paraíso das casas impressoras mais de 400 casas e decidiu imprimir a sua Bíblia em Antuérpia. Sua edição de 1530, impressa em Antuérpia por Merten de Keyser, foi a primeira tradução da Bíblia em francês em um só volume. A impressão desta Bíblia em Frances ganha notoriedade e o impressor De Keyser imprimiu com a aprovação da Universidade Católica de Louvain, e com a aprovação de Carlos V, imperador do Sacro Império Romano! Entretanto no ano de 1546, a tradução de D’Étaples entrou na lista dos livros proibidos aos leitores católicos.

Concluindo
A tradução francesa da Biblia merece duas considerações quando queremos compará-la com a Bíblia Almeida. Uma é que foi traduzida do Latim, diferentemente da Bíblia Almeida que foi traduzida dos textos grego e hebraico. E outra é que por estar na língua vernácula, foi combatida pelas autoridades e os que almejavam uma reforma da Igreja católica, como foi Lefèvre passam a usá-la.

6172 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook