Uma janela sobre o mundo bíblico

O que Jesus quer dizer em Matheus 12,7?



  • Pergunta de felipe, manaus
  • 11438
  • 05/03/2013
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Evangelho | Sábado |


O texto que você menciona diz assim:

Se coubésseis o que significa: Misericórida é que eu quero e não sacrifício, não condenaríeis os que não têm culpa.

Uma regra fundamental para ler a Bíblia é nunca tomar uma frase isolada, pois a sua compreensão se torna muito mais difícil. Leia todo o contexto e, se houver, também as passagens da Bíblia que estão relacionadas. Se é uma citação dos evangelhos, por exemplo, leia as passagens que tratam do mesmo assunto nos outros autores. Muitas vezes há frases tomadas do Antigo Testamento, como é o caso dessa passagem que você menciona. Tudo isso é simples de fazer, seguindo as indicações laterais presentes nas bíblias mais importantes que trazem as passagens relacionadas com o texto que você está lendo.

Voltando ao seu texto, o contexto é a discussão sobre o que é permitido e o que não é permitido no dia do Sábado, como comportar-se diante das regras do culto. Sabemos que os fariseus eram muito rígidos sobre o repouso sabático. Mateus, invés, conta (leia Mateus 12,1-8) que os apóstolos, com fome, colheram espigas, provavelmente de trigo, para comer, no dia de sábado. Isso, segundo alguns fariseus, não era permitido e lembram Jesus, responsável por seus discípulos, desse preceito. E então que Jesus usa vários argumentos para expor o seu pensamento sobre o sábado e o culto, inclusive recordando acontecimentos do Antigo Testamento. A frase que você questiona é uma das reflexões que Jesus faz a propósito desse tema. Em poucas palavras, Jesus retém inocentes (os que não têm culpa) os próprios discípulos do fato de terem recolhido espigas para comer durante o dia do sábado. E para argumentar a sua tese, usa uma citação do profeta Oseias: "porque é amor que eu quero e não sacrifício, conhecimento de Deus mais do que holocaustos" (Oseias 6,6).

O ensinamento prático para nós cristãos é que em primeiro lugar devemos colocar uma conduta exemplar e não nos agarrar aos preceitos, que tomados como ações áridas podem afastar de Deus, invés de realizar o papel para o qual foram criados. Jesus não está pregando a anarquia e a desobediência da Lei, mas nos convida a refletir e não permanecer na mera aparência, na letra, que mata. Repito, com isso Jesus não está colocando em discussão a questão do repouso sabático, que praticava, mas a atitude de uma certa corrente de pessoas que era capaz de deixar de acolher o próximo só porque era Sábado.

11438 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook