Uma janela sobre o mundo bíblico

Sobre dicotomia.



  • Pergunta de Janubio Pereira Ferraz, São Paulo
  • 7677
  • 27/04/2013
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Dicotomia |


 Olá Janubio Pereira Ferraz de São Paulo / SP!!

É de uso comum no meio bíblico, teológico e religioso a palavra dicotomia. Em poucas palavras falando do significado: teológico-filosófico e bíblico podemos dizer que é um termo feminino e que sugere divisão em duas partes. (do grego dichotomia: divisão em dois, bifurcação) Se pode ainda utilizar como sendo uma divisão de uma classe de fenômenos em duas partes, cujas diferenças se contradizem. Usado como exemplo a fase da Lua que apresenta apenas a metade de seu disco. Também de uso religioso os termos Bem e Mal.

O termo dicotomia é de uso muito antigo e lembra ainda os expoentes da filosofia grega: Eles tratavam a dicotomia corpo/alma, sendo matéria de estudo da maioria dos filósofos gregos (principalmente Platão, Sócrates e Aristóteles) Platão (427-347 a. C.) possui uma grande afinidade pelas coisas não materiais, prioriza o espírito em lugar do material. Contrapõem estes conceitos, dando prioridade à alma e ao espírito. Dentre o pensamento a cerca de corpo lembramos Aristóteles que confirma a importância da mente na formação do indivíduo: “Nada caracteriza melhor o homem do que o fato de pensar”.

Concluindo: embora seu uso remonta aos filósofos gregos, o termo dicotomia, alma / corpo é muito usado no estudo da teologia hoje.

Fonte:

Palazzi, Fernando, Novissimo Dizionario della lingua Italiana, Casa Editrice Ceschina, Milano, 1957.

Japiassú, Hilton. Marcondes Danilo, Dicionário Básico de Filosofia, terceira edição revista e ampliada, Jorge Zahar Editor, Rio de Janeiro, 2001.

7677 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook