Uma janela sobre o mundo bíblico

O que significa Pentecostal? A palavra certa é: eu sou Crente ? ou eu sou Evangélica?



  • Pergunta de Marinei Santos da Silva, Salvador / BA
  • 51728
  • 30/04/2013
Odalberto Domingos Casonatto

 Olá Marinei Santos da Silva, de Salvador / BA!

Na verdade existem três perguntas, que precisaríamos muito espaço para responder. Tentarei em forma compreensível, responder as perguntas, de uma forma inteligível. Não tenho pretensão de esgotar o assunto, mas abordar o necessário. Poderás continuar lendo e perguntando para que todas as dúvidas e considerações sobre este tema se completem.

Na verdade a maioria das Igrejas evangélicas é pentecostal. Em outras palavras pentecostais são grupos religiosos cristãos, tendo origem no protestantismo fixados na presença do Espírito Santo na vida dos seus membros através de sinais, chamados  dons do Espírito Santo Estes dons são de falar em línguas estranhas (glossolalia), das curas de doenças e enfermidades, milagres de vontade divina, visões etc.

Como e onde se originou os Pentecostais?

O início para a maioria dos estudiosos deste fenômeno esta no ano 1906 em Los Angeles nos Estados Unidos na Rua Azuza, onde aconteceu o "batismo com o Espírito Santo" o recebimento dos dons do Espírito (glossolalia,curas milagrosas,profecias,interpretação de línguas e discernimento d espíritos).

Com apoio da mídia americana, o fenômeno da Rua Azuza cresceu e, pessoas do mundo queriam conhecer o movimento. As reuniões na Rua Azuza aconteciam em um velho galpão onde as pessoas se reuniam para orar e compartilhar suas experiências lideradas pelo pastor William Seymour (1870-1922). Em muitos lugares dos EUA, cresceu o movimento e passa a denominar-se Missão da Fé Apostólica da Rua Azuza. Mais tarde duas linhas de pensamento surgem dando origem a Igreja Pentecosta Unida (unicista) e as Assembléias de Deus (trinitária).

Chegada do Pentecostalismo no Brasil.

No Brasil o Pentecostalismo chegou em 1910-1911 com o americano Louis Francescon, originando a Congregação Cristã no Brasil e Daniel Berg e Gunnar Vingren as Assembleias de Deus.

Os três momentos importantes do Pentecostalismo,

Primeiro momento chamado pentecostalismo clássico, de 1910 a 1950 e vai da sua implantação no país, c/ a fundação da Congregação Cristã no Brasil e da Assembleia de Deus, até sua difusão pelo território nacional.

Caracteriza-se pelo anticatolicismo, pela ênfase na crença no Espírito Santo, por um sectarismo radical e por um ascetismo pela vida moral.

Uma vez entendido o que venha ser pentecostal, passemos a compreensão da palavra crente e evangélico para chegarmos a uma conclusão.

A palavra crente.

Crente é um adjetivo português, vindo da forma do particípio presente da gramática Latina significando (= crendo).

Este adjetivo crente significa a qualidade da pessoa que crê. Para crença pode se aplicar a qualquer uma, sendo usada em um discurso ou exposição escrita ou mesmo onde a palavra for usada. adj. Que acredita, persuadido.

Se considerarmos crente sendo um substantivo, este termo foi muito usado como sinônimo de Protestante (dissidente do catolicismo apostólico romano). Até os dias de hoje, no interior do Brasil esse conceito se mantém e ouvimos nas conversas das pessoas.

O uso maciço dos meios de comunicação, Radio, Televisão, revistas, livros e Jornais, os Protestantes, donos desses órgãos , foram paulatinamente substituindo o termo crente por evangélico. A palavra Evangélico deixa de ser preconceituosa, em relação ao uso do substantivo crente desde a origem, que tem um pouco de senso pejorativo.

Entretanto os conceitos de Crente e Evangélico, enquanto substantivos são idênticos, no significado original.

O Significado do vocábulo Evangélico.

Considerado um adjetivo, que diz respeito ao Evangelho; conforme o Evangelho: ou segue uma vida evangélica. Ainda podemos entender como pertence à religião reformada: construir um templo evangélico.

Nos dicionário da língua portuguesa é classificado como adjetivo. Separação das sílabas de evangélico: e-van-gé-li-co. O uso do adjetivo no plural é: evangélicos.

Concluindo: Embora como substantivo crente e evangélico tenham o mesmo significado, penso depois de ver todas estas considerações e no dia a dia observando como as pessoas usam estes termos ou como rotulam as pessoas, a frase que seria compreensiva e sem resquícios pejorativos é afirmar: Eu sou evangélico.

51728 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook