Uma janela sobre o mundo bíblico

Mateus era considerado ladrão por desviar e roubar impostos do Império Romano?



  • Pergunta de Daniel Fuzi, Matupa / MT
  • 15674
  • 30/05/2013
Odalberto Domingos Casonatto

Olá Daniel Fuzi de Matupa / MT!?

Dizer a viva voz que Mateus era ladrão poderia soar como uma frase muito forte. Para nós as verdades com respeito a Mateus nos chegam pelo texto Bíblico. No texto bíblico sabemos que Jesus chama Mateus, que esta cobrando impostos para ser seu seguidor. Os cobradores de impostos para o Império Romano eram odiados pelo povo.

Mateus era um publicano, cobrador de impostos para os Romanos.

O Império Romano dispunha pessoas nativas de cada lugar encarregadas de recolher as taxas de impostos que o povo devia pagar ao Imperador. Essas pessoas, eram odiadas pela população por este serviço prestado aos romanos, não eram bem-vistos. Muitas vezes eram exploradores, desviavam o dinheiro e cometiam injustiças aos próprios conterrâneos. Jeremias em seu livro Jerusalém no Tempo de Jesus, no capítulo das profissões desprezíveis, pag 413, comenta.

“É característico o costume de associar coletores de impostos e ladrões, publicanos e ladrões; chefes de cobrança, ladrões; cambistas e publicanos e; ...Antes de receber seu cargo ou seu arrendamento, os coletores de impostos e publicanos fizessem parte de uma comunidade farisaica, eram dali expulsos e não podiam se reabilitar a não ser que abandonassem o posto que ocupavam.”(Jeremias 413)

Por causa da ação de alguns cobradores de impostos todo este grupo de pessoas a serviço do império romano eram considerados “ladrões”, por que desviavam dinheiro. Mas certamente existiam cobradores de impostos que agiam corretamente.

E o mesmo se hoje quiséssemos generalizar uma classe como ladrona por causa da má ação de algum de seus membros.

Para agravar a situação ligada ao primeiro mandamento os Judeus eram proibidos por lei divina de tocarem as moedas do Império Romano, pois traziam a esfinge do imperador. Por consequência, os cobradores de impostos, que as manuseavam com frequência, eram considerados pecadores públicos, impuros e mal vistos.

Nota: ver a resposta à pergunta que está no site: Quem foi Levi, o filho de Alfeu? pergunta de Biara Lima, Praia Grande / SP, resposta de Odalberto Domingos Casonatto, em 09/04/2013

Local: http://www.abiblia.org/ver.php?id=6603

Fonte de consulta:

JEREMIAS, Joachim, Jerusalém no tempo de Jesus, pesquisa de história econômica social no período neotestamentário, Nova Coleção Bíblica, vol. 16, Paulinas, São Paulo,1983.

15674 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook