Uma janela sobre o mundo bíblico

Gostaria de saber a interpretação de Cantares 3,5.



  • Pergunta de Michel Prado, Kodama Gum Japão
  • 22041
  • 06/07/2013
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Cântico dos Cânticos |


Não é uma interpretação fácil, pois estamos diante de um poema. Assim diz o versículo

Filhas de Jerusalém,
pelas cervas e gazelas do campo,
eu vos conjuro;
não desperteis, não acordeis o amor,
até que ele o queira.

São palavras do "amado", repetidas outras duas vezes no livro, em 2,7 e 8,4 (nesses casos essas palavras são ditas pela amada). Vários comentários que li são muito descarados em atribuir metaforicamente uma relação entre cristo e a igreja: não se pode "disturbar", "acordar" a igreja, pois Cristo tem ciúmes dela e não pode ser ofendido (John Gill).

Penso que o sentido permanece escondido e precisa ser lido dentro do contexto de todo o livro do Cântico dos Cânticos, sem ter que encontrar um significado para cada frase singular.

O significado profundo do livro é mostrar como Deus usa a linguagem do amor entre um homem e uma mulher para tornar compreensível o mistério do seu amor pelo ser humano e o mistério da unidade trinitária: onde tem amor humano, ali se revela a relação amorosa de Deus com os seres humanos. 

Ler o livro do Cântico dos Cânticos, fisicamente, significa ler um poema de amor, mas transcendentalmente somos projetados para a relação entre o ser humano e Deus, que também é um poema de amor.

22041 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook