Uma janela sobre o mundo bíblico

Por quem foi escrito, de onde e para quem foi escrito o evangelho de São João?



  • Pergunta de Elienai, Jaguariuna
  • 41921
  • 28/08/2013
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre João |


Olá Elienai, Jaguariuna / SP

Considerando o autor João apóstolo, chamado discípulo amado:

Vários testemunhos na história da interpretação do evangelho confirmam que foi João apóstolo, o chamado discípulo amado o escritor do 4 evangelho:

Desde o século II a tradição da Igreja reconhece que é o apóstolo João o autor do quarto evangelho. Santo Ireneu atesta: “João, discípulo do Senhor, aquele que se reclinou sobre o peito escreveu também o evangelho durante a permanência em Éfeso”.

Considerando o autor “discípulo amado”, como sendo a comunidade.

Alguns autores hoje tratam este discípulo amado como uma entidade coletiva. Que a redação do evangelho seja fruto de uma “Escola” de um grupo de pessoas, ou mesmo considerando a comunidade Joanina.

Portanto, podemos dizer que o evangelho de João não seja um escrito de uma só pessoa ou mesmo realizado de uma só vez. Mas é do trabalho redacional que levou algum tempo, fruto de constantes releituras que a comunidade realizava, e situações novas e conflitantes que encontrava. Isto explica o porquê encontramos duas conclusões para o evangelho de João (Jo 20,30-31 e 21,24-25).

O evangelho de João teria sido apresentado pra as comunidades por volta do ano 95 d C.

Onde foi escrito o evangelho de João?

O evangelho de João foi composto e publicado na cidade de Éfeso, com o apêndice acrescentado, para dar testemunho de que proveio da mão do “discípulo a quem Jesus amava”, João, o filho de Zebedeu. Parece que a conclusão mais provável é que João escreveu antes da época da destruição de Jerusalém e a referência contida em João 21,24 foi acrescentada na época de sua apresentação pública em Éfeso.

Para quem foi escrito o evangelho de João?

O evangelista João escreveu  para as pequenas comunidades que estavam espalhadas pelo Império Romano, em particular a Ásia Menor . O povo destas comunidades era um povo perseguido pelo Império Romano, com prisões, gente martirizada, sofrendo para se manter na fé dos apóstolos. O Imperador Romano era apresentado como o novo Jesus e salvador. Alem destas existiam ainda outras dificuldades. Era um povo já cansado, de sofrer, o primeiro fervor esta enfraquecendo, surgiam de tempos em tempos, falso líderes com doutrinas erradas e outras crenças que dificultavam aos primeiros cristãos seguirem retamente a doutrina de Jesus. Em fim todos necessitavam de uma palavra de conforto e esperança.

Consulta:

MATEOS, Juan, BARRETO, Juan, O evangelho de São João, análise Linguística e comentário exegético, grande comentário Bíblico, Paulinas, São Paulo, 1989.

CNBB, Uma Igreja que acredita. Evangelho segundo João, Paulinas, São Paulo, 2000.

 

41921 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook