Uma janela sobre o mundo bíblico

Quantos demônios existem em uma legião?



  • Pergunta de Vinicius, Belém / PA
  • 124970
  • 08/11/2013
Odalberto Domingos Casonatto

Olá Vinicius de Belém PA!

 A pergunta  é um pouco diferente do que a Silvia Togneri respondeu, agora aparece a pergunta pelo número dos demônio. A Sílvia responde pelo significado da legião observemos:

“Como a Bíblia julga o significado da palavra legião?” Pergunta de Lailton e resposta de Silvia Togneri, em 07/08/2012. Resposta:

“Na Bíblia a palavra legião aparece no Segundo Testamento ou Novo Testamento para referi-se a demônios. A palavra legião é a designação da maior divisão do exército romano, com aproximadamente 6.000 soldados de infantaria e 120 soldados de cavalaria e ainda de tropas auxiliares para serviços especiais. Ou seja, um grande número de soldados que mostrava o poderio militar de Roma.” (Conf. Silvia Togneri)

Palavras de origem militar romana no texto do evangelho de Marcos encontramos muitas. No caso da cura do possesso de Gerasa (dos milagres de Jesus mais difíceis de compreensão) aparece que os demônios expulsos do possesso por Jesus entram numa legião de porcos e se jogam no mar, pelo desfiladeiro. Por ser o evangelho de Marcos escrito em Roma para pagãos romanos convertidos aparecem no texto muitas palavras de origem latina: No caso Legião lembrando as legiões romanas formadas de 6000 soldados, mas também outras como centurião, a palavra evangelho como boa notícia do Império Romano comunicado pelo Imperador, o título de Cesar ao Imperador entendida como Deus etc. Pode se entender que as legiões romanas eram um sinal de opressão, morte, ou tudo aquilo que lembra coisas ruins. Em outras palavras a ação de demônios em nossa vida. Uma vez que o mal toma conta de nossa vida é semelhante ao mal que faz a presença de uma legião em uma determina região do Império Romano. Jesus tem o poder de expulsar os demônios “o mal de uma pessoa”.

Fonte:

WEISER, Alfons, O que é milagre na Bíblia, para você entender os relatos dos Evangelhos, edições Paulinas, São Paulo, 1978, pág.94-108.

124970 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook