Uma janela sobre o mundo bíblico

0 que tinha na arca que representava a presença de Deus?



  • Pergunta de André , Rio de Janeiro / RJ
  • 20525
  • 29/11/2013
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Arca da Aliança |


Olá André do Rio de Janeiro / RJ!

É uma pergunta embaraçosa para responder. Pois nós que vivemos no mundo que valoriza a matéria, o ter etc..., temos dificuldades em acreditar naquilo que não se pode ver ou apalpar. A presença de Deus na Arca segue estes mesmos critérios. Deus está ali presente sobre a tampa da arca entre os dois anjos, e esta presença se chama em hebraico “shekinah” (presença de Deus). Entretanto não podemos ver a Deus com nossos olhos, sua presença escapa a materialidade, somente com os olhos da fé acreditamos nesta realidade.

Para o povo hebreu não era diferente. Eles acreditavam na presença do Deus libertador na “Shekinah” da Arca e transportavam em suas batalhas a arca e venciam seus inimigos com força divina.

Como era a Arca da Aliança:

A Arca da Aliança (= aróhn hab·beríth) é descrita na Bíblia como objeto sagrado em forma de um baú com quatro argolas para ser transportada. Nela foram guardadas as duas tábuas da lei; a vara de Aarão; e um vaso que continha porção do maná caído do céu no deserto. Estes três elementos da história de Israel representavam a aliança de Deus com o povo. Assim que para judeus a Arca não era só uma representação de fatos acontecidos no passado, mas a própria presença de Deus, no meio de seu povo, sinal de ajuda e proteção. Foi utilizada pelos hebreus até seu desaparecimento, que ocorreu na conquista de Jerusalém por Nabucodonosor. Conforme a descrição do livro de II Macabeus, (não esta na bíblia protestante, por considerarem apócrifo)  o profeta Jeremias foi o responsável em escondê-la.

A “shekinah” ou a presença de Deus na Arca

Por cima da tampa que fechava a Arca, chamado de Propiciatório "o Kapporeth", foi colocada uma peça em ouro esculpida, de dois querubins ajoelhados de frente um para o outro, com longas asas esticadas tocando-se nas extremidades, formando um arco, dando a ideia de proteção. Os anjos estavam em atitude de adoração (Êxodo 25,10-21; 37,7-9). Segundo relato do verso 22:

“22 Ali virei a ti, e, de cima do propiciatório, do meio dos dois querubins que estão sobre a Arca do Testemunho, falarei contigo acerca de tudo o que eu te ordenar para os filhos de Israel” (Êxodo 25,22) Bíblia de Jerusalém.

Concluindo: Entre os dois querubins no “Kapporeth” da Arca da Aliança que Deus se manifesta na presença misteriosa que os Judeus chamavam “Shekinah” ou presença de Deus. São estas palavras que encontramos na narrativa da Arca da Aliança no livro do Êxodo

 

 

 

 

 

 

 

 

Imagem da Arca da aliança.

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: A arca da Aliança. Sobre a tampa os dois querubins e o lugar da presença de Deus.

20525 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook